Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Mediunidade fora do corpo


Carluz Sol Silva
 Share

Recommended Posts

Olá, peregrinos etéreos.

Não é a primeira vez que "recebo" uma entidade fora do corpo, mas desta vez foi mais controlado. Antecipando a reunião de hoje à noite. Minha consciência, esta manhã, me levou ao lar, onde, hoje à noite, haverá evangelhoterapia. Lá, após as palavras finais de um amigo durante a reunião, senti uma forte energia se aproximar e a necessidade de dar passagem. Tratava-se de um ser desencarnado há algum tempo. Percebi que ele estendia meu campo vibratório como uma geléia, sei lá, e com isso tomava forma corpórea. O negócio era esquisito. Mas ele "verbalizou" entre outras coisas a chateação por não ser visto pelas outras pessoas da casa e, ainda me criticou, dizendo que não ia ficar muito tempo ali porque eu não tinha equilíbrio emocional. Vê se pode? Não empresto mais meu corpo astral pra ele..rsrsrsrs. Antes de sair do meu campo vibratório, já que eu assim desejei, ele tentou "gritar" a frase "Não quero mais ficar aqui", porém, controlei o volume e decidi que sua manifestação acabaria. No final, ainda fiquei com a percepção de de um forte cheiro de cigarro. Acho que ele fumava muito.

Abs,

__/\__

"A energia da emoção é mais eficiente para ensinar do que um mero raio do pensamento."

Carluz.

Link to comment
Share on other sites

Opa amigo Carluz, bom dia.

A exemplo da nossa colega Fany me identifiquei ao ver seu tópico porque ando tendo incorporações no astral com uma certa frequência...

Dá para sentir que você tem um certo conhecimento e experiência e que sempre compartilha com todos nós, por isso se você pudesse explicar um pouco este mecanismo seria muito legal. :)

O que tem acontecido comigo é que, ao incorporar um outro espírito (acho que parcialmente, pois tenho as percepções) e ao tomar a forma dele eu estou como num tratamento, o que me faz pensar que estou emprestando meu corpo astral a um espírito que possa estar energeticamente frágil, seria essa a idéia?

Um grande abraço a todos e ótima quarta-feira.

Link to comment
Share on other sites

Oi, Melch.

Não tenho muito conhecimento, mas guardo algumas lições que foi coletando pela estrada da experiência:

1- A porta da incorporação é o coronário. Chakra que fica acima da cabeça. Entidades que possuem a idéia fixa de obsediar são atraídas pela chamada força centrífuga das energias que se condensam ali. Isto é, o coronário é (deveria ser) o canal de energias sutis que são captadas no éter, porém, sem controle do que entra, ele se torna um liquidificador de formas pensamentos. Sem policiamento, as energias sutis da consciência coletiva são misturadas a energias densas da inconsciência coletiva. O resultado desta mistura implica o tipo de mediunidade do ser, dentro ou fora do corpo. Formas pensamento são energias que possuem veículos fomentadores, consciências. Qualquer coisa que vc pense (torna-se o foco da consciência) atrai uma, ou mais de uma, consciência com o mesmo foco naquele dado momento e abre um leque de conexões (ver em Mecanismos da mediunidade/André Luiz).

2- A incorporação, pelo que já vi, varia em causa e efeito e modalidade (voluntária/involutária):

2.1 Causas voluntárias: psicofonia, psicografia, etc (todas as comunicações de entidades desencarnadas) controladas por uma finalidade específica, vigiadas, ambientadas, isto é, o seu coronário é uma ferramenta para manifestação de entidades de padões mais sutis.

Nos casos de desobsessão no físico,e nos casos de desebossessão no astral, onde, possuindo vc mais energia vital do que a consciência que ali se encontra, vc poderá torná-la temporariamente mais "ativa". Nesse caso, há uma espécie de fusão temporária entre dois veículos de manifestação.

Pode ocorrer também que uma entidade mais sutil utilize o seu corpo para proferir uma palestra. Vc ficará mais sútil em um outro "corpo" (enquanto acreditar em "corpo") e, provavelmente, não ouvirá a palestra.

2.2 Causas involuntárias: Lesão do chakra coronário, por alguma causa emocional muito forte (trauma), um verdadeiro choque, ou por mini-traumas de repetição, que ao final de certo tempo, causam o mesmo efeito. Em geral, encarnações de pessoas com T.O.C; depressão; hiperatividade; instabilidade emocional constante; síndrome da aversão ao conhecimento; igniofobia; claustrofobia; agorafobia; enfim, doenças manifestadas fisicamente

pelo cérebro ou pelo comportamtento se caracterizam pela apresentação de coronários que possuem pouca ou muita absorção de energias sutis; Tais encarnações são oportunidades para utilização da energia elementais da terra como mecanismo de equilíbrio energético. Me parece ser análogo ao efeito do aterramento em aparelhos domésticos. Assim, o desequilíbrio leva ao descontrole. Fora do corpo, o coronário fechado apaga a consciência, pode se dizer que a consciência nem saiu do corpo físico ou não realizou/percebeu nenhum tipo de experiência. Aberto demais ou lesionado, na minha leiga visão, o coronário leva a consciência a assumir qualquer outra personalidade pela via da incorporação parcial, caso em que assume idéias, parcial problemática, caso em que assume sentimentos que não possúía antes, e total, casos em que a pessoa se torna hospedeiro de uma outra consciência que se alojou no coronário, ou de uma de uma personalidade anterior que não esgotou seus desejos nem na existência anterior nem no período astral, intermissivo, o que pode ser interpretado como "parasitismo" de qualquer maneira.

Tratamento: Meditação ativa. Pesquise a razão de focar em determinados pensamentos. Puxe o fio do barbante. Tem sempre, sempre, sempre e sempre algum engraçadinho do outro lado.

Somos tanto receptores de entidades, como somos entidades que utilizam outros veículos para se manifestar.

Acredito que o que nos leva a este comportamento é influxo ainda pouco controlado da onipresença, nossa herança divina.

"O espírito sopra onde quer", lembra?

Não tenho conhecimento nenhum, Melch, sou um mero curiosiólogo. Boa parte do que está escrito aqui li em livros espíritas, espiritualistas de 1ª, 2ª, 3ª e inifinitas linhas, além é claro do legado ocultista, hindu, maia, etc...

Mas, sobretudo, testemunhei ou vivenciei estas situações fora e dentro do corpo.

Abraços,

Carluz

"Viva o princípio da descrença."

Link to comment
Share on other sites

Engraçado quando fui incorporada pela preta velha eu ouvia e entedia tudo que ela estava falando e via algumas vezes sua experessão e relativo a incorporação só tive uma única vez no astral e nunca no físico.

Eu não entedi... que dizer que eu possa ser médium? mesmo tendo sido incorporada no astral?

abrços

Link to comment
Share on other sites

Oi, Fany.

Como falei no relato, eu tinha consciência do que a entidade falava. No seu caso também. O que ocorre nestes casos é que vc pode ter certo "controle". Tenho um relato aqui chamado "Saindo do corpo astral", em que uma preta velha dá passes no meu corpo astral para que outra consciência o utilize. Neste caso, eu saí do corpo astral, foi aí que acredito ter ficado em outra frequência. Pode-se dizer que a incorporação foi total.

Sobre a mediunidade fora do corpo, acredito que ela é mais comum do que dentro do corpo. Porém, é preciso lembrar que todos, enquanto não dominamos nossas mentes, somos mediuns inconscientes.

Um teste simples pode demonstrar como somos mais ou menos frágeis no campo da mediunidade inconsciente. Tente não pensar em nada por 5 segundos..................Se vc conseguiu, blz. Sua mente consegue desligar o foco e aquietar-se. Bom sinal. Ou tente não pensar na figura de um carro de bombeiros agora........Se vc conseguiu, blz. Mas se não conseguir esvaziar a mente e não pensar em uma dada coisa, é provavel que a sua mente já tenha adotado pensamentos alheios como se seus o fossem, compreende? Mediunidade não é só aquela imagem que temos da psicofonia e da incorporação, ela é muito mais sútil do que parece.

Fiquemos atentos!

Abs,

Carluz.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...