Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Morpheus

B-Membros
  • Posts

    480
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Morpheus

  1. Olá Isa, Concordo com o que o Vintecano disse, manter um ambiente positivo na casa é a melhor alternativa. Se vocês conseguem manter a harmonia e não são influenciado negativamente, a simples visão das pessoas do extra-físico não pode fazer nenhum mal. Mas se a tua família tem a mente aberta e aceita com naturalidade esses fenômenos, pode ser um sinal de que vocês já possuem desenvolvidas algumas faculdades parapsíquicas. Seria legal vc propor a sua família um estudo em conjunto de esclarecimento de todos a respeito desses assuntos, como o Evangelho no Lar, caso vocês sigam os ensinamentos Espíritas. Assim vocês poderiam utilizar essas percepções para auxiliarem e prestarem assistência para essas pessoas que estão ao redor de vocês. Abraço,
  2. Olá André Luís, Você pode comprar pela internet por meio deste site: http://www.shopcons.com.br Eles vendem parcelado somente no cartão visa, ou no boleto à vista, mais a taxa do correio. Comprei alguns livros recentemente e a entrega foi super àgil mesmo pela opção de entrega por PAC. Pesquisei também nos sebos da internet, mas pelo preço que estão pedindo é melhor mesmo comprar os livros neste site. Assim que terminar de ler os que comprei vou comprar outros pra montar minha pequena biblioteca de conscienciologia. Recomendo você incluir na compra o Livro Nossa Evolução do Waldo Viera, é uma espécie de resumo, em uma linguagem bem acessível, de toda a conscienciologia. O Livro Manual da Tenepes pode ser baixado diretamente desse site: http://www.editares.org/livros-disponiv ... nload.html Abraço,
  3. Olá Vintecano, Eu sou mais um teórico do que prático, ou seja, tenho mais conhecimentos intelectual do que experiências propriamente ditas. Mas ainda estou engatinhando no caminho da lucidez extra-física, domínio das energias e principalmente na rememoração das experiências. Tenho despertado a consciência no astral, mas quando retorno perco quase todas as informações, e isso dificulta e confunde bastante o estudo da projeção, além de poder levar ao desânimo e desistência pela falta de noção do progresso. Já participei de algumas experiências astrais (aulas, palestras, assistência, resgate, excursão de aprendizado). Muitas delas estou semi-consciente (oscilando muito), sendo utilizado como instrumento de trabalho pelos amparadores/mentores. A experiência mais forte que tive nesse ano foi uma espécie de resgate ou trabalho dentro de uma zona do umbral ligada a contrabandistas, receptadores, pirataria e jogos eletrônicos, mais pelo medo que senti na hora imerso naquele ambiente astral, sensação constante que tinha entrado numa fria e vontade de me mandar dali. Ultimamente, no extrafísico, tenho auxiliado e trabalhado com meus amigos e conhecidos encarnados, e cada vez mais tenho a noção de que sou a pessoa responsável (ou devedora) por meu grupoevolutivo local ou grupocarma mais próximo, no sentido de dar orientação, esclarecimento para a nossa evolução coletiva. Nessa semana, pelo que me recordo, auxiliei uma jovem casal desconhecido que tinha perdido seus dois filhos recém-nascidos, não sei se foi um acidente, ou aborto espontâneo ou provocado, mas eles carregavam os corpos dos dois bebês em carne viva, coisa bem horrível... No mais estou estudando e praticando para tentar me tonrar um projetor consciente e poder trabalhar no astral pela minha evolução individual e na coletiva durante as horas do sono físico. Abraço,
  4. Muito bom o resumo da entrevista Splinter. Já havia escutado o áudio da entrevista da Nancy Trivelatto e percebi que tb fazia muita coisa errada na técnica. Esse mês iniciei um autoestudo do EV (ao estilo da conscienciologia) registrando as sensações e progressos para tentar me disciplinar um pouco, pois sempre levei um pouco desorganizadas as minhas técnicas. Tb estou aplicando a técnica da caminhada e movimentação das energias. Se alguém aqui do fórum já domina o Estado Vibracional , por favor poste aqui a sua experiência de como atingiu os melhores resultados e quanto tempo levou para isso. Os demais estudantes agradecem, Abraço,
  5. Olá Juliananderson, Legal a tua experiência,foi uma projeção bem próxima à dimensão física em tempo real. O lance de esticar o dedo já é clássico, mas mesmo assim não nos convencemos e precisamos de mais provas de que estamos relamente projetados, srsrsrsrsrs Valeu por compartilhar. Abç,
  6. Olá vintecano, Legal o seu relato, valeu por compartilhar. É o seu primeiro relato aqui no fórum? Mas não é a sua 1ª experiência, não é? Parece que vc já tem bastante experiência, inclusive no atendimento fora do corpo. Pelo relato foi um amparo bem longo e vc manteve a lucidez por bastante tempo. VC lembra se Nova Alvora era o nome do hospital ou era de uma colônia extra-física? Em que estado do país vc se projetou? Abraço,
  7. Olá Xiriu, Dá uma olhada nessas postagens do material abaixo pelo Erielto, são bem elucidativas. Estão nos tópicos abaixo, divididos em três partes: viewtopic.php?f=9&t=8650&p=58141&hilit=UMBRAL+parte#p58141 viewtopic.php?f=9&t=8650&p=58143&hilit=UMBRAL+parte#p58143 viewtopic.php?f=9&t=8650&p=58146&hilit=UMBRAL+parte#p58146 Abraço.
  8. Olá Eruel, Cara, recomendo a você escutar os áudios dos cursos básicos, lá vc encontra resposta para essas questões essenciais. A experiência fora do corpo é quando nossa consciência se manifesta de forma consciente fora do veículo físico (soma/corpo de carne). Todos nós possuímos um corpo astral (psicossoma, corpo dos desejos, perispírito) que é o veículo de manifestação de nossa consciência no plano astral. Então é por meio do corpo astral que nós nos manifestamos no plano astral. O corpo astral é mais evoluído e aperfeiçoado do que o corpo físico. Alías o corpo físico é uma cópia do corpo astral, pois somos antes de tudo habitantes do plano astral, o lugar onde a gente vivia antes de habitar nosso corpo físico. No nosso estágio evolutivo o plano astral é nossa verdadeira pátria, estamos somente passando trasnsitóriamente por um corpo físico. O plano astral é uma dimensão mais sutil, imperceptível para nossa visão comum. O plano astral é subdividido em diversas camadas ou esferas, pelo grau de evolução e vibração dos seres. Quanto mais evoluída a consciência, mais elevado é o plano astral em que habita ou possui experiências. Quanto menos evoluída, os planos em que habita são denominados inferiores, umbralinos. Em nossas experiências, geralmente vamos para os planos astrais inferiores, mais próximos da crosta terrestre, ou seja, vamos passear pelo umbral. No mais, isso é apenas um pequeno resumo, tem livros inteiros tratando do assunto, vale a pena estudar se vc pretende evoluir nessa área. Abraço,
  9. DICA DA PRÁTICA DA BOLINHA postada pelo Martyn Stubbs em outro tópico. Essa vou experimentar, parece muito boa a técnica.
  10. DICA DO SPLINTER postado em outro tópico:
  11. Olá amigos, Como o assunto é muito interessante e importante, criei um tópico lá no GRUPO DE ESTUDOS para postarmos nossas técnicas e experiências com o EV. Abraços,
  12. Olá amigos, Estou criando este tópico para postarmos nossas experiências com o domínio da técnica do estado vibracional (EV), que é a uma das técnicas básicas e fundamentais para todas as demais percepções parapsíquicas e projetivas. No meu caso, ainda não domino o Estado Vibracional completamente, e estou estudando e praticando. Para quem não conhece a técnica segue abaixo a sua descrição: ESTADO VIBRACIONAL - Descrição Técnica Eis abaixo o passo-a-passo para aplicação da técnica: 1. Sente-se em uma cadeira confortável ou deite em uma cama (conforme for adquirindo a prática você poderá faze-la em qualquer lugar, independente da sua posição) 2. Concentre-se nas suas energias conscienciais. 3. Mobilize suas energias até o topo da cabeça. (lembre-se que a energia é dócil ao seu comando). 4. Acumule o máximo de energias que puder no seu Coronochacra (centro de força sobre a cabeça). 5. Depois, desça suas energias vagarosamente até chegar aos pés. Acumule o máximo de energia que puder no seus Plantochacras (centro de força sob os pés). 6. Repita a operação cada vez mais rápido e intenso até não se distinguir o movimento cabeça-pé pé-cabeça. E está instalado o Estado Vibracional. Recomendação Técnica Eis algumas recomendações úteis: 1. Não fique desapontado se não conseguir da primeira vez. Lembre-se: a vontade é o maior poder da consciência. 2. Instale o EV no mínimo 20 vezes ao dia. 3. Após adquirir treino, tente instalar o EV somente pelo comando mental, sem precisar de técnicas. Então vamos aproveitar esse espaço para trocarmos experiências com quem domina e quem ainda está aprendendo a instalar o EV de forma voluntária.
  13. Também vou experimentar essa técnica de caminhar e fazer a bolinha de energia subir e descer. Valeu pela dica. Abraço, PS.: Esse assunto poderia ser incluído no grupo de estudos como ESTADO VIVRACIONAL, daí a gente poderia ir praticando e postando dicas como essa aí acima, para compartilharmos experiências no campo do domínio do estado vibracional, o que vcs acham?
  14. Olá Pjrbgs, Cara, o Waldo Vieira andando de moto no plano astral é uma coisa muito maluca, talvez tenha sido onirismo, mas isso é só vc mesmo que vai poder saber. Pelo que tenho estudado na conscienciologia o Waldo entende que andar de moto é uma forma de tentativa inconsciente de praticar suicídio, pelo perigo que traz para o motociclista. Nos seus trabalhos escritos, inclusive tem uma passagem que ele diz: MOTO MATA. Então ele recomenda às consciências que pretendem evoluir que não arrisquem a preciosa encarnação andando de moto ou praticando esportes radicais. Desse modo, analisando racionalmente, a tua experiência tá meio estranha. Da próxima vez tente abordar ele e conversar, exteriorizar energias nele para descobrir se é ou não é apenas uma imagem mental ou outra pessoa parecida. Velhos de barba branca tem aos montes por aí, inclusive no astral, e agora perto do natal, vai ter um monte,rsrsrsrsrs Além disso, pra que andar de moto se podemos volitar quando conscientes no astral? Abraço,
  15. Ah lembrei de outra coisa. Também ocorre quando eu leio um livro, escuto uma música muito boa, ou alguma coisa que eleve o pensamento de ocorrem EV espontâneos, como se fosse uma mudança de estado de frequencia vibracional forçada, saimos de uma vibraçao inferior para uma mais elevada. Então dá pra tentar mentalizar algo assim que mexa com suas emoções e sentimentos mais nobres, produzindo um choque de força no seu campo perispiritual, com influência no seu corpo energético. É como se fosse um choque emocional mesmo, mas positivo. Mas tudo isso é vivência pessoal minha (hipóteses pessoais), posso estar enganado em algumas das minhas percepções, e o melhor mesmo é que cada um estude a si mesmo e tenha suas próprias vivências. Abç.
  16. Holla Lucas! Também estou estudando e praticando a ténica do EV para aprender a dominá-lo. Na minha experiência tem sido difícel usar o método proposto de movimentação de energias para chegar ao EV. Eu consigo o EV de outra forma que não sei direito como explicar, ainda estou realizando um autoestudo para aprender o processo que é automático comigo. Se trata de um EV profilático ou de limpeza mesmo, quando sinto as energias sendo atingidas por agentes externos, principalmente sobre os chacras, eu instintivamente instalo um EV desses. Esse EV que realizo está intimamente ligado com a respiração, porém ainda não vi em nenhum lugar uma técnica de EV pela respiração como eu faço. Pela respiração absorvemos e expelimos muita energia (prana, Ki. Geralmente quando eu estou em um lugar com energias muito densas eu perfcebi que(instintivamente) diminuia a frequência respiratória, respirando somente o ar necessário. Daí energias negativas absorvidas entram numa espécie de instabilidade com as nossas energias e depois pela respiração (expiração) e concentração no chacra umbilical (às vezes com o cardíaco) eu consigo produzir o EV de limpeza que se estende pelo corpo todo, principalmente nos chacras superiores. Tente observar a relação de sua respiração com a mobilização de suas energias e tente fazer algumas experiências. Somente assim atualmente eu consigo fazer o EV de limpeza, mas ainda não descobri como fazer o EV sem que eu tenha alguma coisa me incomodando. Fica aí a dica, se eu conseguir identificar o processo desse EV vou postar uma técnica (EV pela controle da respiração (expiração) associado com a concentração no chacras umbilical/cardíaco e mentalização). Abraço,
  17. Olá amigos, Com relação a esse tema tem um vídeo interessante do Prof. Waldo Vieira, onde ele fala que o problema está nas mentalização. Ele mesmo fala no vídeo que tinha um calendário onde controlava todo o processo dele. O cara é mesmo organizado, até nessas horas ele anotava e registrava tudo. Fica aí o vídeo que é bem interessante, porque sobre esse assunto ainda tem muito tabu e influência moral religiosa. Na minha opinião o melhor mesmo é procurar uma namorada / parceira com que se tenha afinidade e se goste bastante para ter uma vida equilibrada em todos os sentidos. http://www.youtube.com/watch?v=kDwMx7JGrUw Abraço,
  18. Eruel, Os Amparadores, Anjos Guardiões, Amigos Espirituais são pessoas como nós, só que desencarnadas. Pela minha experiência direta, não se trata de lenda ou folclore, mas uma realidade multidimensional que somente pode ser experimentada na medida em que vamos avançando devagarinho no caminho do despertar da consciência. Não devemos mistificar essas consciências achando que elas são inacessíveis e muito longe de nós. Elas estão presentes, muito mais perto do que a gente imagina. Para você iniciar o contato, basicamente é necessário acalmar a mente e as emoções, com a mente cheia de pensamentos e o coração cheio de desejos nós criamos uma barreira muito espessa para possibilitar uma comunicação pela intuição ou mesmo o auxílio para a projeção durante nosso sono. Comece a estabeceler contato por meio de preces e orações, manifestando seu interesse sincero no estudo da espiritualidade e na evolução (melhora de si mesmo) que certamente a ajuda virá mais rápido do que você espera. Abraço,
  19. Olá Pati e amigos, Bem legal a tua experiência, valeu por compartilhar. Essas experiências sempre dão margem à dúvida, será que era realmente a pessoa? ou não? Nesses tipos de experiências com pessoas famosas, autores, celebridades, gente pública, sempre fica uma pulguinha atrás da orelha, será mesmoque encontrei fulano? Nas minhas rememorações precárias, eu lembro que já tive alguns encontros com o Saulo, nosso professor "pré-serenão" baiano. Aí surgem as dúvidas. Será? No caso da concienciologia, entendo que é uma linha de estudo mais elitista, para o tipo de gente que fez o curso intermissivo e tal. Trabalha com uma minoria intelectualizada que tem o foco na Tares (tarefa de esclarecimento) ao contrário da Tacon (tarefa de consolação - linha do Espiritismo), que atinge uma quantidade de gente muito maior. Contudo, acho que podemos extrair o melhor de cada conhecimento, inclusive da concienciologia, pois tem muita coisa boa nela. Tb admiro a inteligência e trabalho do Prof, Waldo Vieira, apesar das controvérsias debatidas acerca de sua personalidade e temperamento. Eu mesmo, a pouco tempo, estou estudando de forma autodidata a conscienciologia (sem fazer cursos - talvez faça algum futuramente para experimentar) e reconheço que existem muito pontos bons e úteis em matéria de organização da vida (planejamento e execução do projeto de vida), foco na evolução, autoconhecimento, autopesquisa, técnicas energéticas e projetivas, tenepes, ofiex, etc. Ao estudar, senti bem a egrégora dessa linha de estudo, inclusive senti a presença de um pessoal extrafísico me auxiliando (botando pilha e ajudando) enquanto estudava. Porém não me senti muito bem familiarizado com eles, devido à aridez intelectual proposta, como se fosse uma espécie de ditadura da mente. Acredito que o melhor mesmo é seguir um caminho universalista e eclético, conciliando o melhor de cada conhecimento, religião e professores, assim temos muita liberdade de ação e não nos prendemos a nada. Então podemos conciliar dentro de nós a riqueza dos diversos ramos e escolas humanas: Espiritismo, Conscienciologia, Yoga, Budismo, Hinduísmo, Cristianismo, Teosofia, Hermetismo, Filosofia, Ciência, etc... Nínguem é dono da verdade, mesmo que sejam as tais de VERPONS do Waldo (verdades relativas de ponta). Pati, veja só, se uma porta se fechou, lembre-se que o restante do Universo está de portas abertas esperando por você, como um livro aberto do criador para todos os seus filhos. Abraço,
  20. Olá Raphael, Dá pra ser mais específico na pergunta,não entendi bem o aspecto que vc tem dúvida. Vc quer saber se a atividade física favorece ou prejudica a projeção? Teria que ser mais específico, mas no aspecto geral, quanto mais equilibrado nosso organismo, melhor será a repercussão em todas as áreas: saúde, liberação de hormônios do bem estar, relaxamento, lucidez, qualidade de sono, melhoria na capacidade respiratória e de circulação sanguínea, equilíbrio energético, melhora no humor, alívio da tensão e estresse, etc. Nessa ótica, tudo auxilia e vai ao encontro do desenvolvimento parapsíquico e do fenômeno da projeção consciente. Abraço.
  21. Olá Guardião, Cara, na minha opinião a leitura dos relatos é mais um complemento e incentivo para a projeção, não subsitui de forma nenhuma os estudos e práticas. Mas pode ser uma ferramenta útil para adiantar e otimizar o aprendizado se utilizada da maneira correta. Eu aprendi muita coisa lendo relatos, pra quem está por dentro do assunto muitos relatos trazem informações e pontos de vistas muito ricos e importantes que muitas vezes nos passam a desapercebido num estudo solitário. Outro aspecto interessante é o de tornar o assunto presente nosso dia a dia e ir programando a mente para essa nova realidade. Podemos aprender com as experiências dos outros, novatos e veteranos na projeção, mas o mais importante são as próprias experiências. Abraço,
  22. Poxa Melch, excelente dica essa tua!!! Já faz algum tempo que baixei por tua indicação esse aplicativo do Firefox e tem me ajudado muito a baixar os áudios, pois tô com uma internet lenta para ver os vídeos. Obrigado,
  23. Cara, acredito que seja pelo estágio evolutivo em que nos encontramos, todo mundo que encarna nesse planeta está numa faixa evolutiva que inicia com consciências muito ignorantes (maus, perversos), depois vem os intermediários, bons, etc. No espiritismo tem a escala espírita proposta por Kardec, dá pra dar uma analisada, apesar de ser uma classificação incipiente, podemos ter uma noção do tipo de gente que encarna por aqui nesse nosso planeta de provas e expiações. A maudade se dá pela ignorância, no sentido da falta de conhecimento do funcionamento das leis do universo. Na medida que o homem se propõe a ter uma vida em harmonia com o cosmos começa a aceitar a necessidade de mudanças urgentes para a marcha do progresso e evolução. Abraço, bom feriado pra vc tb.
  24. Bem legal a tua experiência Sandra, Aquele lance inicial da Rússia deve ser alguma conexão tua com esse povo no passado. Valeu por compartilhar, Abraço,
  25. Olá pessoal, Já havia lido esse tópico inteiro, aliás muito bom para tirar as suas próprias conclusões pessoais, cada um tem a sua. Mas encontrei a manifestação abaixo do Prof. Waldo a respeito das críticas que recebe na internet de blogueiros. Então achei interessante postar aqui essa manifestação dele (do próprio Waldo Vieira) a respeito das críticas que recebe, dando voz ao personagem/personalidade aqui debatido, ampliando assim nossa visão crítica. Acredito que realmente todos nós aqui somente vamos ter uma visão 100% clara de todo esse processo depois de desencarnarmos, como o Waldo comentou. Daí vamos poder saber quem tinha mais razão dentro das "verdades relativas" de nossa dimensão física. Carta Online aos Blogueiros Espíritas Transcrita da comunicação verbal na tertúlia do dia 14 de Abril de 2010. Waldo Vieira Vou ler aqui alguns dados dessa carta, uma carta online para vocês. Todos vocês que estão debatendo aí a minha personalidade, o que eu considero que é uma honra, não mereço tanto, vocês devem esquecer a minha pessoa e lembrar daquilo que eu faço questão de mostrar aqui: ideias, ideias avançadas, fora de série, terríveis, a tares, muito difícil de ser feita, antipática do jeito que ela está sendo. Eu estou defendendo a tares, porque o negócio é antipático, e é difícil. Fazer a consolação é bobagem, é entrar na santidade, já entrei nessa em muitas vidas anteriores e, a maioria de vocês, vocês estão repetindo a vida. Então, lá vai a minha carta para vocês. Se você blogueiro espírita, defensor de Allan Kardec e J. Cristo, tem algum desenvolvimento de alguma mediunidade, aceite esse desafio. Venha à Cognópolis, aqui em Foz do Iguaçu, e teste a qualidade do ambiente energético no qual vivemos, ou seja, o holopensene, a egrégora, a energosfera local, e veja se temos assistência dos bons espíritos. Esse é o tira-teima, em vez de falar à distância, ou jogar invencionices, infâmias e tolices infantis sobre a minha pessoa que nada vale; interessam, sim, os temas transcendentes estudados aqui, gostar da aplicação prática e evolutiva dos assuntos sob pesquisa no Tertuliarium, in loco, de visu, cara a cara. Venha debater conosco. O movimento espírita tem dificuldade para pesquisar as idéias novas. O melhor seria vocês organizarem eficiente comissão técnica, e virem ver de perto a Cognópolis e o CEAEC, em vez de estarem falando tolices e escrevendo bobagens na internet, a fim de constatarem os efeitos das tarefas do esclarecimento sobre as tarefas da consolação, nas quais a verdadeira caridade que vocês pregam tanto, está nas pesquisas universais das verdades relativas, nas omnipesquisas, pesquisar tudo o que seja positivo, e não ficarem marcando passo, repetindo experiências nesse movimento espiritista transformado hoje em mera seita cristã, sob os auspícios das Federações Espíritas. Isso é perda de tempo. Há 44 anos eu vi isso. Naquela ocasião, eu tinha só 34 anos e, no entanto, já tinha lucidez para ver isso. E vocês aí que têm mais de 34 anos, pensem bem como é isso. Venham ver se estou obsediado, ou se já estou gagá, aos 78 anos de idade física. O mais inteligente é averiguar por vocês mesmos, diretamente. As portas estão abertas, eu nunca fechei as portas para ninguém, eu atendo todo mundo que aparece aqui. Venham até aqui e me sabatinem. O Tertuliarium foi construído para promover debates técnicos úteis. Sejam as interpelações boas que vocês têm que procurar. Então, eu vou dar uma dica, falando na linguagem de vocês, voltando a ser espírita do jeito que eu era há 44 anos. Sigam as interpelações de Cairbar Schutel e Leopoldo Machado, personalidades corajosas que enfrentaram polêmicas úteis. Sigam esses luminares do neopensamento avançado. Eles também evoluíram e não ficaram parados no tempo hoje, nessas idéias antiquadas. Saiam agora do corpo humano, ou na linguagem de Allan Kardec, emancipem as suas almas através do desdobramento e encontrem esses pioneiros do movimento espírita do Brasil, conversem diretamente ou telepatizem com eles diretamente, paraolhos nos paraolhos e vejam o que acontece. Eles aparecem aqui de vez em quando para mim. Eles também acham que tudo o que eles fizeram era o curso primário, hoje estão, pelo menos, no curso secundário. E olha, Cairbar Schutel ainda tem as instituições todas em Matão. Leopoldo Machado, fora de série, com todas as coisas, ainda inspira um monte de instituições espíritas por aí. Agora, preparem-se para as realidades novas, se vocês aparecerem aqui ou se forem encontrar Cairbar Schutel ou Leopoldo Machado. A Conscienciologia já deixou e ultrapassou, há muito tempo, o Espiritismo, deixou para trás e oferece a vocês muito mais cabedais, enriquecimento de bagagem de conhecimento para encarar essa vida e enfrentar a desencarnação próxima. Transcendam a mera teoria. Pesquisem a nossa vivência dia-a-dia na Cognópolis. As portas estão abertas para vocês. Há a equipe de atendimento aqui. Deixemos de lado as conversas moles dos blogues. Pesquisemos, regaçando as mangas da camisa. E, olha, para vocês todos, ao avançar da vida e, portanto, da idade física, ganha-se equanimidade com relação ao futuro da dessoma da qual eu me aproximo. Não se pensa mais em esrponder com ênfase às críticas. Eu estou com essa ênfase toda porque eu não sei também falar das verdades, sem mostrar minhas energias. Mas o que interessa hoje não é eu responder com ênfase, por isso é que não respondo isso todo dia, nem tenho blogue, vocês não vão encontrar blogue meu, eu não respondo essas bobagens, essas tolices. Agora o que é que se passa, o que interessa para mim hoje é julgar a mim mesmo, é o problema de estar fazendo o julgamento da minha verdade, porque eu sou um dos primeiros aqui que vão encontrar com o Transmentor, que é o evoluciólogo, que é aquele que o nosso amigo Frederico Figner encontrou lá no “Voltei”, etc. e tal, mais ou menos daquele jeito. A verdade é cada vez mais e mais relevante para mim e mais próxima da minha realidade. Pensem nisso. E para todos aqueles que me deram atenção, o meu muito obrigado por sua atenção. Qualquer coisa, estamos aí, ou vamos encontrar depois da desencarnação, paraolhos nos paraolhos. Fale a verdade para você não se arrepender amanhã e cuidado com a melex. Gente, eu precisava de falar isso aqui hoje porque esse negócio está acumulando e algumas pessoas me pediram para eu falar essas coisas seriamente, porque está acumulando. Eu não me defendo, então, vem o povo para me defender. FONTE: http://www.enciclopediadaconscienciolog ... iritas.pdf
×
×
  • Create New...