Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

js_pasqual

B-Membros
  • Posts

    11
  • Joined

  • Last visited

About js_pasqual

  • Birthday 03/17/1986

js_pasqual's Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

0

Reputation

  1. Vinícius, Obrigado pelos conselhos, não sabia que durante a projeção poderia deparar-me com seres que oferecem perigo. Vou pesquinar na net mais informações à respeito. Caso alguém encontre alguma fonte de pesquisa, favor informar! Obrigado Irmão! Atenciosamente, Jaison Pasqual
  2. Carlos, Parabéns por sua dedicação e persistência! Parabéns também pela iniciativa e disposição de elaborar um histórico de suas experiências, acredito que será muito importante futuramente. Sei como é difícil acordar no meio da noite, ou logo pela manhã e deixar de lado mais alguns importantes minutos de sono para se dedicar as praticas projetivas (neste caso a elaboração do histórico). Eu já comecei e parei umas três vezes... rsrs Atenciosamente, Jaison Pasqual
  3. Malagoli Mais uma que eu aprendi aqui no GVA! Não sabia esse lance de absorver energia do cosmos, isso explica eu ter voltado com a bateria no talo de tão cheia. E foi isso mesmo que aconteceu, nos dias seguintes eu ainda estava "extase". Queria sair contando para todo mundo. Coitados daqueles que estavam ao meu redor, era o mesmo assunto a toda hora...rsrsrs. Pior ainda para aqueles que acreditam nessas coisas. Deviam pensar, lá vem esse louco com aquele blá blá blá de novo... rsrsrs! Naquele tempo eu não conhecia o GVA, aqui eu conto minhas experiências e ainda sou parabenizado por isso... eita coisa boa... rsrsr! Um forte abraço! Atenciosamente, Jaison Pasqual
  4. Rogério Mello Primeiramente obrigado por sua atenção! Infelizmente aquele grau de lucidez não era meu... rsrsrs Na verdade minhas outras experiências foram bem limitadas. Mas uma coisa você pode ter certeza, é ótimo estar no Astral. Quando acontecer, você verá que valeu muito apena todo o esforço para alcançar o objetivo. Já que eu fui presenteado com uma experiência dessas, o mínimo que eu devo fazer agora é incentivar meus irmãos a continuarem na pratica de seus estudos. Repito, vale muito apena!!! Não desista!!! Atenciosamente, Jaison Pasqual
  5. Vinicius, ou melhor, amigo! Muito obrigado pelas congratulações e por sua atenção! No entanto, não fui o responsável por tal nível de lucidez. Durante a experiência ficou muito claro e eu também conseguia sentir que aquele nível consciêncial estava sendo proporcionado e não alcançado. Esqueci de mencionar no relato um dos comentários que o senhor grisalho fez. Quando ele disse que quem estava proporcionando aquele grau de lucidez era ohomenzinho azul, ele também falou que aquele tipo de "presente" era possível um determinado número de vezes durante uma vida. Não lembro se eram 3 ou 13 vezes. Essa dúvida referente ao número de vezes eu tenho desde o dia da projeção. Quando ele falou, minha presença naquele lugar já estava ficando fraca, eu já estava começando a voltar. Mesmo assim vou procurar focar a figura daquele homenzinho, por enquanto vou deixar o nome meio de lado. Vai que eu me apegue ao nome e vá parar no endereço errado... rsrsrs Isso que você falou sobre seres marcados é muito importante, eu nunca ouvi nada sobre isso. Já estou aprendendo coisas novas aqui no GVA!!! Se você souber alguma referência que fale sobre esses seres, por favor, me informe. Quero aprender mais sobre eles, que prejuízos eles podem trazer e como posso me defender. Pelo visto um hadouken como o do nosso amigo de fórum "Lucifer" não irá funcionar...rsrsrs Mais uma vez, muito obrigado por sua atenção! Atenciosamente, Jaison Pasqual
  6. Perserver, Muito obrigado por sua atenção! Você tem toda razão quando diz que essa experiência foi um belo presente e um estímulo. Na verdade ela ocorreu a pouco mais de um ano e os fatos ainda estão todos presentes em minha mente como se fosse ontem. Essa experiência ocorreu no início de uma fase muito difícil da minha vida e que por sinal ainda não acabou. Uma sequencia de acontecimentos muito graves que abalou minhas estruturas afetando inclusive minha Fé. Não sei se isso é possível, mas talvez, alguém lá de cima já tinha o conhecimento sobre alguns acontecimentos futuros e me presenteou com um "ponto de restauração". Algo em que eu pudesse me apegar quando tudo fosse tudo por água abaixo. Confeso que fiquei muito encucado quando foi dito o nome do ser azul... Adorei a idéia de ter um camarada e.t., acho que é bem melhor que a idéia de ter um camarada demônio... rsrsrs Ah, não lembro de ter visto nenhum rabo nele... rsrsrs Com certeza as outras experiências foram muito mais fracas e raras. Ela aconteceu do nada sabe, eu não havia sequer pensado no assunto durante aqueles dias e até mesmo depois eu não voltei a praticar as técnicas que havia aprendido até então. Só agora, depois de um ano, sinto-me um pouco mais equilibrado emocionalmente e disposto a dar continuidade ao aprendizado. Mais uma vez, muito obrigado por sua atenção!
  7. Estou iniciando os estudos e fiquei com uma dúvida... O lance não é ajudar (quando possível) aqueles que estão na "escuridão"? Não pega nada mandar uns hadouken de vez em quando? Atenciosamente, Jaison Pasqual
  8. Corrigindo... O post não ficou grande... ficou ENORME! Desculpem-me mais uma vez! Atenciosamente, Jaison Pasqual
  9. Olá a todos! Sou novo aqui no GVA e gostaria de dividir com vocês minha primeira (e unica) projeção "totalmente" consciente. Foi essa projeção que despertou meu interesse em voltar às práticas relacionadas a projeção. Tudo começou como um sonho normal... até que, num determinado ponto do sonho percebi que havia algo diferente, nesse momento foi que começou a projeção, muito mais intensa que todas minhas outras experiências. O frio na barriga e a sensação de velocidade eram de como se eu estivesse pulando de costas do alto de um prédio, isso associado a uma sensação de desprendimento que eu explico da seguinte forma... alguém aí já enfiou o pé no lama? Quando você tenta tirar o pé da lama não faz aquela pressão? Então, é dessa pressão que estou falando, essa foi a sensação que tive, só que no corpo todo. "Acordei" no andar superior de uma casa que ficava numa colina. A casa era praticamente cravada na colina, só que não a "agredia", havia sido construída acompanhando e aproveitando suas formas. Nessa casa fui recebido por cinco seres, como em uma família, havia entre eles respeito, amor e uma certa hierarquia. Eram eles: Um senhor mais velho, com cabelos grisalhos, postura de embaixador e muito sereno. Mesmo sabendo que ele era o mais velho de todos, seu rosto não refletia sua idade, possuía feições de um homem de uns cinquenta anos. Uma senhora mais nova que o homem aparentando uns 40 anos de idade, também passava aquela imagem respeitosa, igual à do senhor, só que associada a um jeitão de Mãe. Havia também uma menina, sabe essas crianças hiperativas, então... além de sua hiperatividade ela possuia uma elasticidade muito grande no corpo, como as meninas da ginástica olímpica. Um homem, de uns 35 anos de idade, grande e gordo de cabelos e pelos do corpo azuis. As características principais eram sua força e o jeitão gente boa de ser. E finalizando o quinteto, um homenzinho azul, isso mesmo, totalmente azul...rsrsr! Não era alto, algo em torno de 1,70 / 1,65. O tronco de seu corpo era um pouco mais alongado do que estamos acostumados a ver. Com esse homenzinho eu tinha uma afinidade muito grande, como melhores amigos sabe... Fui levado a uma sala ampla onde começamos a conversar. Na minha frente estava o senhor mais velho que falava comigo a maior parte do tempo e ao meu lado os outros seres. Sinceramente eu não consigo lembrar exatamente o conteúdo de nossas conversas o que lembro é que estava aprendendo alguma coisa, tipo plantão de dúvidas. O senhor mais velho falava alguma coisa, (na maioria das vezes eram coisas relacionadas a dúvidas que já existiam em mim) eu ouvia, raciocinava e elaborava uma nova pergunta, como uma conversa normal. Havia uma interação muito grande, não era aquela coisa de estar em terceira pessoa, eu estava interagindo totalmente com o meio. Algumas vezes os outros seres participavam da conversa, como se cada um deles fosse especialista em um assunto. A reunião estava quase acabando e eu ainda tinha uma dúvida, mas estava com vergonha de falar sobre ela por considerar seu grau de importância muito inferior aos assuntos que ali haviam sido abordados. Nesse momento eles começaram a rir, mas era uma risada do tipo "Está tudo bem, já sabemos o que vai perguntar, pode perguntar...". Respirei fundo e falei "...já ouvi falar muitas vezes que quando estamos no Astral podemos voar, isso é verdade?". Eles riram ainda mais e responderam a minha pergunta "... é verdade sim, não precisa ficar com vergonha, muitos têm a mesma dúvida". Depois disso ele mandou eu acompanhar o homenzinho azul, que ele iria me mostrar o que era voar. Fomos para um campo, ele falou para eu fazer o mesmo que ele fosse fazer. Ele correu um pouco, pulou, ficou no ar e começou a se distanciar de mim, eu fiz a mesma coisa e por incrível que pareça comecei a voar também, totalmente desengonçado e sem jeito mas estava VOANDO... Nossa, isso era um dos "sonhos" da minha vida...kkkkkkk. Acompanhando ele fomos para um lugar tipo o Grand Canyon a princípio voando sobre as fendas e depois dentro delas. Depois de um tempo voando, no final na fenda havia um "paredão" rochoso, não consegui parar, me estatelei nele. Na verdade não doeu nada, a colisão foi macia. Na volta para a casa, homenzinho azul e eu caminhávamos por uma estradinha de terra, com muita natureza a nossa volta, como uma selva, só que com muito mais vida, muito mais cores, formas e movimentos. O homenzinho azul estava do meu lado esquerdo e durante o caminho fomos conversando só que o conteúdo de nossas conversas eu não lembro. Um determinado momento, ao olhar para o lado direito ví um amigo, dessa existência, na verdade meu melhor amigo, um cara que eu conheço a 13 anos e considero meu irmão. Ele não é ligado nesse assunto de projeção, mas no astral ele aparecia com uma cara de felicidade do tipo "...não acredito que estamos aqui...". Depois disso, passei por uma região onde posso comparar com o bairro barra pesada da cidade. Haviam seres que eram de lá mesmo e outros que eu estavam alí de visita, muitos deles tinham umas marcações no rosto, uma espécie de símbolos e eu conseguia perceber maldade neles. Num determinado momento eles começaram a entrar num lugar que só tinha uma porta, sem janelas nem nada, só a porta. Todos que alí estavam começaram a entrar e eu estava indo junto com eles, nesse momento comecei a pensar, "...nossa estava tão legal até agora, não estou me sentindo bem aqui, quero voltar a estar com os seres de antes..." Depois disso, estava novamente com o homenzinho azul, chegando na casa da colina. Quando estávamos entrando na casa, apareceu o homem grande e gordo do cabelo azul, ele estava colocando pra fora da casa um serzinho que parecia um macaco, tinha o corpo inteiro coberto por pelos. Ele colocou o serzinho para fora, olhou pra gente e deu risada. Depois de entrar na casa fomos todos para a varanda, onde todos se despediram mim. O senhor mais velho conversou comigo e com palavras bonitas passou as seguintes mensagens... Disse que aquela experiência, com aquele nível de consciência, havia sido um presente para mim. Disse que seu continuasse o caminho que eu havia começado a trilhar, alcançaria aquele nível de consciência. Disse que era um presente para renovar a minha Fé, e quem estava me dando aquele presente era o homenzinho azul. Ele também me disse o nome no homenzinho azul, e até hoje eu não consigo entender direito porque esse nome. Belzebu. Dei um abraço no homenzinho azul, e comecei a voltar para o corpo físico. Novamente aquela sensação de velocidade e frio na barriga como se estivesse pulando do alto de um prédio. Características muito marcantes dessa experiência foram a paz, a bondade e a sensação de proteção que todos aqueles seres transmitiam, eu me sentia como se fosse da família. MUITA PAZ, MUITA BONDADE e MUITA PROTEÇÃO. Durante todo o tempo eu sentia um bem estar enorme, como se voltasse a ser criança, quando não existia nenhum tipo de dor ou incomodo pelo corpo e aquela disposição total para fazer qualquer coisa a qualquer momento. Baterias totalmente recarregadas!!!. Depois que voltei completamente ao corpo físico, essa sensação continuou. Na ocasião estava dormindo com a minha namorada, comecei a "vomitar" pra cima dela tudo o que tinha acontecido. Ela não conseguia entender nada, eu só falava pra ela ficar quieta e escutar porque eu tinha medo de esquecer tudo depois. Depois de derramar aquela quantidade enorme de informações pra cima dela eu ainda não estava satisfeito, parecia que eu tinha tomado um choque de 220 volts e estava totalmente elétrico, recarregado. Bom, acho que não é muito difícil adivinhar o que aconteceu depois né... eu, minha namorada, 220 volts = amor mais intenso que já pratiquei, sem dúvida! Curioso que tudo isso ocorreu em aproximadamente 45 minutos de sono. Eu achei um tempo relativamente curto. Desculpe-me pelo tamanho do post, eu ainda tentei resumir algumas partes. É que a quantidade de informações foi muito grande e sempre me empolgo quando falo dessa experiência. Se alguém tiver algum comentário a fazer, sintam-se totalmente a vontade. Principalmente sobre o nome do homenzinho Azul. Na verdade eu torço muito por isso. A maior parte das pessoas com quem conversei até hj ficam mudas quando termino a história. (Acho que elas pensam que eu sou louco... rsrs). Atenciosamente, Jaison Pasqual
  10. Erivelto, Obrigado pelas boas vindas! Vinícius, Obrigado pelas palavras e pelas boas vindas! Atenciosamente, Jaison Pasqual
  11. Olá a todos! Meu nome é Jaison, tenho 25 anos, sou paulistano e moro em São Paulo. Minhas primeiras experiências com projeção astral devem ter ocorrido quando eu tinha uns 16 anos, mas nessa época eu não fazia idéia do que estava acontecendo. Tive conhecimento da projeção através de um amigo de trabalho, ele em indicou um site que abordava o assunto e disponibilizava uma apostila para download. Quando comecei a ler aquela apostila me identifiquei completamente, a cada página que lia eu pensava: "Caracas, é exatamente isso que está acontecendo comigo. Eu não sou maluco...". Isso aconteceu em meados de 2007. Completamente abdusido pelo assunto, comecei a buscar mais informações e praticar técnicas para projeções conscientes. Tudo estava indo muito bem, perdi o medo do Túnel de vento, daquela sensação de estar preso dentro do corpo (catalepsia projetiva) e dos seres que apareciam as vezes em meu quarto, meu nível de consciência estava aumentando cada vez mais... até que, começaram os problemas... Uma sequência de problemas familiares, financeiros e afetivos deixaram minha vida de "ponta cabeça" e totalmente desorientado. Essa tempestade começou em 2009 e infelizmente ainda não acabou, mas, começo a perceber que os ventos estão mudando de direção e logo logo a tempestade irá passar. No final do ano passado eu praticamente havia desistido da Projeção, foi quando tive a experiência mais fantástica da minha vida, mas esse é assunto para um outro tópico. Graças a essa nova experiência, meu interesse pelo assunto despertou novamente e passei a enxergar um novo caminho em minha vida. Resumidamente é isso (imagine se não fosse resumido)... rsrs Atenciosamente, Jaison Pasqual
×
×
  • Create New...