Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'magnetismo'.

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Calendars

  • Community Calendar

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Found 2 results

  1. Saudações, solertes companheiros. Gostaria de compartilhar minha situação com vocês: Bom, desde que comecei a estudar com mais frenquência sobre a espiritualidade - não só ter um contato "normal", mas também estudando obras e me dedicando às práticas, principalmente voltadas ao magnetismo e curas espirituais - tenho, obviamente, sentido diversas mudanças em meu corpo (insta salientar que não tenho mediunidade ostensiva). Desde antes dos estudos, sentia meu frontal energizado, acho que por conta das práticas do yoga que fazia com minha irmã e tinha dias que eram específicas para o terceiro olho, porém recentemente comecei a sentir certa formigação no topo da cabeça, e uma vez quando estava lendo o Bhagavad Gita senti como se uma parte do meu cabelo estivesse sendo puxada para cima. Essa formição, entretanto, não aparece apenas nos momentos de estudos, mas na verdade, nos últimos dias, tem ficado durante períodos continuos. Esse formigamento não é como os dos membros (mãos e pernas) quando ficam dormentes, mas sim mais como uma coçeira (uma cosquinha kkkkk). As vezes ela aparece em conjunto com o terceiro olho energizado mas, muitas vezes, sozinha. Vale comentar, também, que não venho apresentando dor de cabeça, tontura, pratico atividade física e fui auscultado por minha médica e estava normal, bem como apontou o oximetro. (estou falando isso pois o formigamento pode ser relacionado com problemas de respiração). Minhas práticas geralmente são fluidificação da água, meditação, autoaplicação de fluidos. Todos os contatos que tenho com o meio espiritual é sentir os fluidos (principalmente em mim) e as vezes ver vultos, mas isso não considero muito. Gostaria de saber se alguem já passou por situação análoga, no quesito da abertura do Coronário. Agradeço pela atenção, Od1sseu
  2. Estou criando um novo tópico para abordar esse assunto que considero realmente importante para todo espiritualista. Em um outro tópico a nossa amiga Cíntia postou as seguintes dúvidas: Foram postadas respostas no próprio tópico: Mas eu gostaria de expandir o tema aqui e por isso, vou repetir a minha resposta frisando pontos que considero chave: Entretanto, essa regra funciona tanto quando utilizada para o bem quanto para o mal (obviamente que neste segundo caso, isso há de ter consequências karmicas negativas). Certa vez, quando eu ainda frequentava o Candomblé, eu estava conversando com o exu do meu pai de santo (que estava incorporado) e mais um grupo de pessoas sobre alguns acontecimentos que tínhamos notícia e ele disse assim: Ao mencionar a palavra reza ele não estava se referindo simplesmente a repetir uma fórmula mas a saber aplicar a vontade e intenção de forma firme e inquebrantável à um conjunto de idéias encadeadas com o conteúdo emocional adequado de forma a criar uma repercussão energética capaz de reverberar em sintonia com o objeto alvo com a finalidade de atingir algum objetivo. Para concluir o raciocínio, vou colocar aqui um capítulo do livro "Projeções da Consciência" do Waldo Vieira que exemplifica o uso negativo dessa capacidade que todos possuímos mas é possível também encontrar em vários livros (notadamente os da literatura espírita como muitos do André Luiz) que possuem exemplos de usos positivos e mais éticos deste mesmo princípio: Fonte: "Projeções da Consciência - Diário de experiências fora do corpo físico" do Waldo Vieira, páginas 62 a 65
×
×
  • Create New...