Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Search the Community

Showing results for tags 'projecao'.

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Apresentação
    • Apresentação
    • Regras do Fórum
  • Viagem Astral
    • Dúvidas sobre projeção astral
    • Dúvidas sobre informações gerais
    • Relatos Astrais
    • Chat Viagem Astral
    • Encontro Astral quinzenal dos Projetores.
    • Grupo de Estudos
    • Materiais Educativos do Saulo (em construção)
    • Materiais educativos de outros pesquisadores
    • Mensagens
  • Espiritualidade
    • Desabafos
    • Bom Humor Espiritualista
    • Espiritualismo geral
    • Vibrações e/ou Mentalizações
    • Vídeos / Dicas de Filmes / Áudios
    • Dicas de Livros
    • Bem Estar
  • Dúvidas sobre o GVA(fórum)
    • Dúvidas e Sugestões

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


  1. A gente tem a viagem astral, viagem mental, etc, cada um em um "corpo" específico... Na clarevidência viajora há uma exteriorização da consciência. Como isso acontece? Algum corpo é usado? Qual?
  2. após ás 6am, me vejo caminhando em uma rua, é de dia, vejo casas, me parece muito com minha cidade onde moro, estou conversando com alguém que não vejo, somente ouço a voz, e estou volitando ao nível do chão mesmo, e uma massa de energia, cor azul, esbranquiçada, com muito movimento como se fosse uma nuvem que vai descendo a rua, atravessando ruas paralelas, é maior que um carro grande. A consciência que conversa comigo, nós debatemos quem criou aquela energia, o que pode ser. A consciência diz que é algo comum ou algo nesse nível, eu digo que é algo muito grande, energético, e digo que deve ter sido criado por alguém também grande, o criador, uso este termo para que a outra consciência entenda. Essa energia volita, a um metro do chão e vai se movendo, é algo muito bonito, a velocidade é a de uma pessoa caminhando.
  3. olá, Meu nome é Thiago, Tenho 18 anos, moro aqui em Goiânia Goiás, i pelo que me lembre nunca tive uma projeção até agora, acho que é um sonho para se realizar, me interessei pelo assunto a poucos dias, mais consigo mover energias no corpo e sentir alguns formigamentos e tals, mais até agora não entendí o EV, não consegui chegar até o EV e também não sei o que acontece após o Ev. Pessoas dizem, Zumbidos de abelhas ( Milhões ) e um forte estralo, mais não tinha visto o forum daqui da GVA e tals, então não pude pesquisa sobre o decorrido, mais agora que achei o Forum e sei que aqui muitas pessoas tem a disponibilidade de ajudar, e com muitas experiências astrais, como tecnica, ev e etc... bom pelo que sei até agora consigo relaxar, consigo passa um pouco de energia pelo corpo como eu disse sentindo um formigamento, más conforme eu me vejo com uma energia subindo e descendo dentro de mim, quando acelero um pouco essas energias subindo e descendo, perco a concentração e algo sempre me atrapalha como a saliva, e etc. bom acho que deu pra entender que até agora não consegui um Ev, não sei como alcansar um por enquanto né, i gostaria de ajuda, sempre bem vindas, Obrigado e muita luz no caminho de vocês !
  4. Olá colegas, Essa noite tive a minha terceira saída clássica. Vou contar tudo como foi, inclusive os antecedentes. Na noite anterior eu dormi pessimamente mal... Acordei angustiado umas 3 vezes... Pereciam episódios de crise de ansiedade, mas não havia nada que pudesse ter motivado isso.... mas enfim devo ter dormido umas duas ou três horas na noite toda. Eu estava péssimo durante o dia, não sei se foi a dopamina que baixou. Não aguentando mais fui dormir por volta das 14 horas e acordei já bem melhor às 19 horas. Antes das 22 horas fui dormir e acordei somente uma vez, quando houve a projeção. Eu estava dormindo de barriga pra cima e comecei a ouvir a voz do Saulo no meu ouvido esquerdo. Ele estava dando uma série de orientações para projetar. Então, sem abrir os olhos pensei: devo ter esquecido o fone no meu ouvido esquerdo. Mas segui as orientações (detalhe... Não tinha fone nenhum) Então senti as pernas flutuarem e fui orientado a imaginar que o meu tronco estava flutuando. Então descolei do corpo e fui até a porta do quarto. Olhei pra trás e vi 3 corpos deitados na cama, o meu, da minha caçula e o da minha esposa. Tentei atravessar a porta do quarto mas não consegui. Então simplesmente abri a porta, dei uma rápida volta na casa. Estava bem escuro e ordenei que houvesse luz... O meu frontal iluminou um pouco o ambiente, mas parecia aquelas lanternas fuleiras de celular. Então me dirigi à porta da sala, quando encontrei deitada no corredor minha cachorrinha podle Branca, mas não era uma, eram duas iguais, uma ao lado da outra. Uma delas olhou pra mim e presumi que esta que olhou era ela projetada. Então resolvi atravessar a porta da sala sem abrir (nunca mais faço isso hehehe) . Parece que a porta serviu como um portal Era um lugar totalmente estranho... Havia uma selva mistura com grandes rochas. Andei um pouco por lá mas não encontrei ninguém Então voltei ao corpo.
  5. Relato de cruzeiro enorme no umbral Olá galera, venho aqui contar um relato muito louco que aconteceu comigo esta noite, foram duas vezes, dormi tive essa experiência com esse cruzeiro, acordei sem lembrar muitos detalhes do primeiro,e dormi a segunda vez e fui denovo, que no caso foi uma confirmação que era real. Basicamente deixem me lhe dar um contexto, esse "cruzeiro" é um navio enorme, não sei nem como descrever o tamanho dele, parece um prédio de 50 andares como se tivesse de lado na água, ele sai de um destino, e chega a outro em pouco tempo na verdade, o primeiro que eu fui fez o mesmo trajeto mas demorou muitas horas para chegar, o segundo demorou apenas 1 hora ou menos. O cruzeiro é pago para entrar, eu lembro de ter passado algum tipo de cartão na entrada dele que fica atrás do barco e foi algo parecido com 100mil alguma coisa, não sei que espécie de dinheiro usam lá, mas o mais interessante é que esse cruzeiro, é como se fosse um "game" dentro que você começa atrás do navio e tem que chegar na frente passando por diferentes levels de desafios cujo você pode morrer no caminho, (mas nem todos) eu lembro de ser alguma coisa tipo uns 5 níveis mais não lembro todos com clareza,mas a maioria eram coisas ruins. Bom, vamos começar pela minha segunda vez pois a primeira não lembro muitos detalhes, mas lembro que os níveis de dentro do cruzeiro foram diferentes do segundo. Logo me vejo em lugar onde parecia uma "bahia" onde tinham vários barcos de médio porte atracados,lembro que já sabia onde estava por conta da primeira experiência então decidi ir denovo nesse "cruzeiro" Então paguei uma mulher, e subi num desses navios de médio porte, tinham várias pessoas comigo também, o dia até que estava claro e bonito, as ondas não estavam muito loucas como o Saulo descreve geralmente, mas acho que era algum lugar com uma vibração melhor que um umbral muito pesado, mas acredito que pegávamos esse barco para nós densificar , pois este cruzeiro ficava em uma parte muito TENEBROSA do umbral. Lembro de sempre ter alguém do meu lado, mas não sei quem. Bom então continuei nesse barco, e fomos nos aproximando de uma grande montanha no meio do mar, com uma abertura dentro dela, chegando lá, todos descemos do navio, e subimos em uma plataforma de madeira muito extensa, com vários barquinhos de dois lugares, bem pequenos, de plástico, vermelhos com assentos amarelos de plástico,( já estávamos dentro da montanha aliás) estava bem escuro dentro mas nada muito tenebroso ainda. Então sentamos eu e mais uma pessoa cujo não lembro quem nesse barquinho, cujo foi indo para frente, e se "atracou" em um outro tipo de estrutura que FEZ com que esse barquinho ficasse mais protegido pelo oque ia vir pela frente, ele foi seguindo e nos deparamos com uma grande, gigante descida cujo eu nunca vi na minha vida, quase uma cachoeiras na diagonal interminável de quilômetros e quilômetros para baixo, e desviamos em uma velocidade absurda, com o barquinho batendo em pedras e outros escombros mas era protegido por essa estrutura que ele se acoplar. E então chegamos lá embaixo da montanha, na parte mais funda possível, para nós depararmos com uma visão que me impressionou tanto, que eu queria ser bom o bastante em desenho para desenhar oque eu vi. O lugar era tenebroso, escuro demais, com uma neblina espessa que trazia um ar aterrorizante para o lugar, tinham milhares e milhares de veleiros e cruzeiros gigantescos um grudado com o outro, todos muito perto um do outro esperando sua vez para partir, a água era bem preta e suja cheia de escombros e sujeiras como se fosse um esgoto, tinham navios de todos os tipos de aparência, tinham ate navios antigos de pirata e tal, mas o tamanho deles é inexplicável. Logo então subi no "cruzeiro dos jogos" e ele parecia mais um navio naval para falar verdade, todo de metal cinza escuro, mas logo que subi na parte de trás cheguei em uma recepção com uma cortina vermelha logo a frente, e essa recepção era muito chique, a temática era como se fossem essas mansões antigas com tapete vermelho e tudo de madeira bem invernizada e bonita, uma mulher e um homem con vestes elegantes me esperavam na recepção com uma daquelas máquinas registradoras antigas de ferro, tipo do faroeste, lembro de ter pago com um cartão o meu e da pessoa do lado e ela me deu um recibo cujo constava 150 mil e alguma coisa. Logo que entrei pela cortina vermelha me deparo com o primeiro nível, eu lembro de ter algum tipo de explicação na parede antes de entrar (notem que tinham várias pessoas já, é como se fosse uma gincana mesmo, uma atração desses parques de diversão) só que o primeiro era um labirinto enorme cujo algum tipo de criatura horripilante nos perseguia dentro. Logo já corri dentro e tentava achar a saída, as paredes de eram te metal e era muito estreito o labirinto, gritos podiam ser ouvidos e barulhos horripilantes indescritíveis poderiam se ouvidos para lá e para cá de pessoas morrendo e algum barulho de outro mundo que seria no caso o barulho do "monstro" estava correndo (sem nenhum medo na verdade) e me deparei com uma parede sem saída, e no final desta parede tinha um papel informando por desenho, que se o monstro viesse eu deveria me encostar na parede e fechar os olhos e não abrir por nada, não deu outra, presenti o "monstro" vindo, logo me encostei na parede e fechei os olhos, nunca pude ver como era a aparência dele mas a energia dele era tenebrosa, lembro dele ser sego ou algo assim, mas lembro que ele chegou bem na minha frente e usou algum tipo de luz verde nos meus olhos e ficou passando pra lá e pra ca só esperando eu abrir os olhos para ver, mas me segurei e não abri. Logo depois disso consegui sair de lá e it para o nível 2, lembro de ser uma cratera penhasco enorme com água lá embaixo cheio de tubarões e outros tipos de monstros que eu não sei descrever, tínhamos que colocar uma especia de bracelete no braço e tentar pular e atirar em certos pontos brilhantes na parede desse penhasco cujo saia um tipo de " corda" azul do bracelete e grudavam nesse símbolo e você ia pulando de um para o outro como se fosse o homem aranha, era bem difícil na verdade, é muita gente estava caindo e morrendo, no finalzinho eu cai, mas consegui nada rápido até uma pedra, pular e me puxar com essa corda denovo para o lado da porta de saída, cujo me fez terminar o nível 2, o nível 3 cinseramente eu não me lembro, mas acho que tínhamos que nos esgueirar por algum lugar muitos apertado como se fosse uma tubulação muito quente, com armadilhas no caminho, esse foi bem rápido. O 4 nível acredito que era individual, não sei se era só esportes mas era um desafio individual com o esporte que você mais gostava, e no caso como eu gosto de basquete, era uma quadra de basquete enorme como eu nunca tinha visto antes, com apenas um cesta bem no meio, e um cara me esperando para jogar basquete ( me lembro que no primeiro cruzeiro eu tive um desafio similar no nível 4) então me lembro que fiquei jogando basquete com ele e ganhei, com que fez que esse cara não pudesse passar para o próximo nível. O nível 5 e o ultimo era o que mais as pessoas ficavam presas, e eu me lembro disso, pois fiquei preso no primeiro cruzeiro lá, e não terminei, mas vim novamente pois estava convicto que iria terminar desta vez. O nível 5 é um banheiro muito extenso, com mais de quilômetros, com azulejos azuis claros e chuveiros para todo lado, sabonete espumas para todo lado também, é várias e várias outras pessoas lá peladas, para todos os lados, muitas fazendo orgias unas com as outras, tinham bancos também onde algumas ficavam sentadas como se fossem uma sauna, mas a orgia ficava mais no começo, logo pro final do banheiro o pessoal fica meio que conversando pelado, desta vez passei reto sem me destrair, e saí para frente do cruzeiro, para me deperar que o Cruzeiro estava chegando em alguma ilha cujo não lembro direito, só tinha eu e mais 5 finalistas, e outros caras do cruzeiro fortemente armados, eles disseram que só 1 de nós 5 poderíamos entrar na ilha, e para entrar lá teríamos que fazer o ultimo teste, teríamos que ficar embaixo da agua por 1 hora, e quem subisse para superfície iria ser fuzilado na hora, então fomos arremessados na água, mas como eu estava em projeção lembro de poder respirar debaixo da água tranquilamente e sentar no fundo do mar. Ao observar os outro participantes, percebi que todos eles tinham uma espécie de "caixão de ferro" com um vidrinho para ver o rosto, cujo dentro desse caixão tinha um ente querido deles, com um cano de platistico que vinha de dentro do caixão que teria oxigênio dentro dele para os participantes respirar, mas tem um problema, algo terrível viria a acontecer, os familiares destes participante foram "triturados" dentro do caixão como se fosse um liquidificador e eles teriam de sugar os restos do familiar pelo cano e guspir até abrir espaço para poder respirar, era uma imagem terrível, alguns não aguentaram a subiram para superfície para serem fuzilados.. e esse foi o fim do meu relato super longo. Foi uma experiência bem chocante na verdade, e fui duas vezes na mesma experiência. Oque acharam? Deixem um comentário aí. Obrigado a quem leu até o final! Abraço.!
  6. Eu queria saber porque eu tenho tantos e tão longos recessos projetivos? eu tive minhas primeiras projeções e veio um recesso de mais de 3 meses, quando eu tive mais umas 2 ou 3 veio outro recesso projetivo que já tem uns 2 meses, porque que eu tenho tanto recesso projetivo em tão pouco tempo? se eu ficar tento esses recessos sempre acho que vou desistir de ficar tentando, eu tento todo dia mas não consigo, se for pra ficar tendo mais recesso do que projeção de iniciante é foda, enquanto o iniciante que nem sabe o que ta fazendo teve 5 projeções eu tive no máximo uma
  7. Bem, como já entrega o título, eu fico frustrado, porque sempre que eu estou muito lúcido, tipo agora mesmo, eu simplesmente não consigo sair, e não é por: ah, o EV n funciona muito bem, não! Eu não tenho medo da projeção, já estou acostumado com isso, mas todas as vezes que eu tento sair muito lúcido, bem acordado, na hora que eu começo a sentir que vou sair, o meu coração dispara e eu começo a suar frio, eu posso estar tranquilo, sem nenhum medo mas isso acontece, eu não sinto medo na hora, mas meu corpo faz isso e é sempre isso que me impede de sair.
  8. Eai galera, tudo bom, hoje eu queria tirar umas dúvidas aqui, meio que eu estou travado no nível de ir na casa de alguém, eu estou evoluindo por níveis, a cada nível que eu atinja, eu vou pra outro mais difícil, e agora queria ir na casa de uma amiga, ver a cor da casa dela, e depois perguntar se a cor é aquela mesma, mais tenho 2 problemas: 1- Nunca consigo ir na casa dela. por mais que eu tente mentalizar ela e tals, ir na casa dela, eu não consigo, teve um dia que eu tava mentalizando ela, e eu falei, tá, deixa eu tentar outro lugar, e pensei no condomínio, em menos de 2 segundos minha visão ficou estranha e eu me plasmei lá, aí voltou ao normal 2- Quando eu chegar lá, eu estar em uma frequência que a casa já é totalmente diferente ou nem exista. Eu realmente fico com medo de chegar lá e falar, ah, eu fui na tua casa, ela é assim e assado, e ela dizer que não, é totalmente diferente, eu não sei como posso fazer pra isso não acontecer Se alguém aí puder ajudar, eu agradeço muito!
  9. olá pessoal, estou com uma dúvida, i gostaria que algum de vocês pude-se me informa por que logo irei deitar e acho que mais ao longo da madrugada posso acordar e lembrar de fazer uma separação, só que a duvida é, quando eu acordar sem se mexer, ou as vezes dá uma mexidinha mais logo se lembra da separação, eu de imediato tento só sair do corpo me imaginando indo para a sala, cozinha etc... ou tenho que de imediato fazer uma tecnica para depois tentar a separação ?, acho que não vai só me ajudar, como vai ajudar todos interessados, Luz 4 yours
  10. Olá Viajantes, Conforme relatei anteriormente, tenho vivido uma fase com um certo grau de bloqueio para projeções. No início pensei que tivesse feito algo de errado mas depois passei a sentir como se fosse uma proteção para o momento "energético" pelo qual passamos. Dei uma reaproximada nos meus estudos e voltei a movimentar as energias fazendo uso das técnicas. Recebi algumas poucas mensagens vindas como de uma consciência "insatisfeita" na noite de sexta para sábado e visualizei um braço emitindo energia no quarto na noite de sábado para domingo. Perguntei mentalmente o que era aquilo e a resposta veio via psicofonia fazendo uso da minha esposa como instrumento: "Para proteger o ambiente.". Não comento mais nada e guardo o teor e os eventos mais marcantes para mim mesmo. Ontem fui dormir com a intenção de me projetar e senti como se o ambiente/momento fosse completamente desfavorável ao máximo mas que mesmo assim, por pura teimosia minha, acabei conseguindo algum baixo grau de lucidez numa sala toda vermelha e preta com uma mulher vestindo um capuz. O local estava decorado com vários desenhos herméticos mas do ponto de vista negativo/assustador. Ela foi rapidamente me puxando pelo braço para uma salinha ao lado e, ao passar pela porta, mesmo tonto pela baixa lucidez, vi um grupo de umas 5 outras mulheres também encapuzadas formando um círculo. Detalhe: todas muito magras e com olhos acinzentados. A sensação imediata foi de pavor e de sair rapidamente dali. Como parecia estar grudado no local, pedi ajuda para os mentores e acordei mal. Custei a dormir mas já de cara me vejo fora do corpo descendo umas escadas e as vezes eu deixava cair algumas "coisinhas" de vidro ou cristal. Parava e tentava catar uma por uma. Percebi pessoas me notando e murmurando. Depois de andar mais um pouco dou de cara com uma senhora com aparência indígena muito descontente comigo. Ficava me provocando, dizendo para sair de perto dessas "consciências indígenas do mal" (não sei nem do que se trata), que não precisava fazer tudo aquilo (deve ter sido a ação dos mentores ou sei lá) e que ela sabia bem quem eu era (dando um tom de temor). Disse meu nome completo e ainda, acho que para me assustar, o ano no qual irei desencarnar. Não fiquei triste nem assustado pois me pareceu até mais do que eu desejo aguentar neste plano. Simplesmente não entendi a situação, me desculpei e disse que sou construtor do bem. Acho que foi só para tentar me desestabilizar. Postei apenas para relatar como existem momentos pesados durante os quais devemos evitar a projeção. Muita paz e luz a todos! A luz sempre vence.
  11. Olá a todos!! Tenho uma dúvida, por muitas vezes tenho paralisia do sono e tento me projetar, porém não sei se no meu corpo físico devo manter, enquanto na paralisia, meus olhos fechados ou abertos e se por ventura tiver que manter meus olhos fechados, devo imaginar eu os abrindo para me projetar?
  12. Boa noite, se alguém puder me ajudar, quando eu tive a minha primeira projeção foi de forma espontânea, eu nem praticava nem nada, mas eu fui para um lugar que seria lugar nenhum haha, era um ambiente escuro, eu não tinha noção de espaço e altura, não havia objetos, como se fosse uma tela preta. Mas lá estava minha mentora e foi nosso primeiro encontro, eu sei que era ela, porque eu a sentia, a escutava, mas não a via, tudo era uma tela preta. Na segunda projeção eu queria me encontrar com ela novamente e só fiz imaginar esse local escuro e eu já estava lá de imediato. Enfim, fiquei curiosa no que poderia ser esse lugar, seria um lugar mental? se alguém poder me ajudar eu agradeço e desculpem por ser algo tão vago.
  13. Olá, tem algo que sempre vi em algumas projeções que tive e pude notar essa diferença, porém nunca soube o que acontecia lá, eu estava projetado pois lembro muito bem do momento em que sai e também eu sabia em que eu estava projetado durante a projeção inteira, eu estava andando e ao mesmo tempo voando senti que eu controlava bem o voo nesse lugar, porém após eu andar muito, eu vi uma espécie de degradê em que uma parte do horizonte inteiro estava ficando escuro, eu até olhei com mais atenção e até tentei desviar a atenção e olhar novamente e ainda estava lá, eu já vi isso antes, em projeções anteriores eu entrei nesse lugar porém sempre quando eu fazia isso eu acabava por perder controle e voltar ao corpo em catalepsia ou apenas voltava com um certo calafrio kkkkk, dessa vez não resolvi adentrar e fiquei apenas observando, o que seria isso? É alguma mudança de zona astral talvez? Enviei uma foto para ver o que vi, é apenas um exemplo e ficou muito igual o que vi, o lugar não era o mesmo porém dá para ter uma base.
  14. Olá, eu me chamo Camila e sou nova no fórum do GVA, eu não sou de postar muito, sei lá, mas meu namorado inssistiu, então vou postar aqui, já que quando contei pra ele, ele também quer saber se foi mesmo um sonho ou mais do que isso kkk.. Pois bem, eu queria tirar uma dúvida, quando eu tinha 8 ou 9 anos, tive uma experiência tão lúcida como se eu estivesse acordada, tenho uma dúvida do que seria, se foi projeção ou sonho lúcido ou algo diferente. Enfim, irei contar o sonho: Bem, eu estava caminhando dentro de uma floresta, e junto comigo estava um lindo dragão vermelho bem grande, asas lindas e enormes, caminhavamos juntos bem devagar, apesar de sua grandeza, eu não tinha medo dele, pelo contrário, eu me sentia segura, protegida e acolhida... A floresta era maravilhosa, um lugar lindo, gramas bem verdes, árvores grandes e bem fortes, flores, muitos tipos de flores espalhadas muito belas e perfeitas, tinha um lindo lago ligado à um riacho com águas tão puras e cristalinas, a luz do sol passava pelo espaço entre os galhos e folhas iluminando a floresta de uma forma que deixava essa floresta ainda mais encantadora, nunca tinha visto algo assim antes, era um lugar puramente lindo, eu me sentia tão bem, tão leve, tinha sensações inexplicáveis, nunca tinha me sentido assim antes, na época... Eu me sentia feliz lá. O dragão e eu passamos um tempo caminhando calmamente, conversava com ele e eu sentia que ele me entendia e eu também entendia ele, começamos a nos comunicar telepaticamente, ou algo assim, não sei dizer, foi assim durante a maior parte do sonho (infelizmente esqueci o que conversamos poucas horas depois que acordei), eu admirava cada lugar, cada canto dessa floresta, apreciava ouvindo cada som, do vento assoprando as folhas, o som da água, sons da natureza, isso fazia me sentir mais em paz à cada momento, e parecia tudo tão real, como se eu estivesse lá mesmo... Enfim, quando estavamos quase saindo da floresta, eu subi em cima do Dragão, ele caminhou um pouco mais e partiu vôo comigo, fomos bem alto, era algo magnifico ver tudo de cima. Hoje tenho 21 anos e nunca me esqueci desse sonho em específico. Minutos depois disso, minha mãe me acordou para ir na missa, fiquei bem decepcionada em ter sido acordada, pois realmente me sentia naquele lugar do sonho, mas na época eu era coroinha da igreja e não podia faltar, por isso tive que ser acordada cedo... Desde então, quando ia dormir depois, eu tentava dormir lembrando do sonho para tentar ver se continuava ou se voltava a ter esse sonho, ou sonhar estando nesse mesmo lugar, mas sem sucesso... Ja tive outros sonhos diferentes com dragões também, em um deles era um dragão branco e a pele refletia uma brilho colorido tipo arco-iris, não sei explicar bem isso, mas era lindo de ver, e eu sempre gostava da presença deles nos sonhos. Queria saber mais sobre dragões, e se eles existem no plano astral? Se existem, por que tive uma experiência com eles? Eles costumam aparecer em sonhos as vezes? Dragões tem algum significado espiritual? Poderia ser algum mentor transfigurado? Ou alguma outra explicação Será que foi apenas um sonho?! Sei que não tem nada haver, mas coincidentemente, meu signo chinês é o Dragão kkkk
  15. Minha rememoração começa com eu andando na calçada rumo a minha casa. Assim que percebi que que estava lúcido, me espantei com meu próprio nível de consciência no momento. Foi a projeção em que eu senti maior lucidez até hoje! Pensava com incrível clareza e compreendia coisas que agora não consigo explicar em palavras. Consegui entender inclusive que eu vinha de uma experiência, talvez de assistência, com os Mentores. Daí talvez o alto nível de compreensão no momento. Assim que cheguei em frente a minha casa, me debrucei sobre o muro e fiquei observando a paisagem. Estava na real time. Calculei que eram por volta das 7:00/7:30. Observava a rua á minha frente. O clima estava lindo, raios de sol amarelados iluminavam toda a rua. Passavam crianças com mochilas indo para a escola e adultos indo para o trabalho. A velocidade e profundidade de pensamento eram tantas que o tempo parecia passar mais devagar. Observei alguns desencarnados passando na calçada também, inclusiva uma lançou uma indução sexual em minha direção, o que não surtiu nenhum efeito. Após ficar alguns minutos observando esse contexto, comecei a entrar em profunda meditação no fato de estar tão lúcido e como essa experiência era tão rara para um encarnado. A compreensão de tudo era altíssima. Foi um sentimento bastante forte de ciência das coisas. Nisso, observo saírem de dentro de casa duas moças que identifiquei como amparadoras, pois já as vi em outras projeções. Elas eram altas, uma tinha cabelos compridos e a outra, acima dos ombros, eram pretas, utilizavam roupas brancas semelhante a de enfermeiras terrestres e senti que estavam prestando algum tipo de assistência a alguém de minha casa. Quando elas se aproximaram de mim, senti um amor imenso, desses que sentimos por nossas mães. Começamos a conversar sobre assuntos que infelizmente não consigo me recordar mais (talvez pelo forte sentimento que me passaram), e no fim dessa conversa fiz uma última pergunta a elas que foi mais ou menos assim: - Voces poderiam me contar alguma coisa sobre mim, que eu, de dentro do corpo, nunca teria a capacidade de descobrir sozinho? Elas deram um leve sorriso e simplesmente disseram: - Às vezes, "ELES" te levam lá para cima... Quando elas falaram essa palavra "Eles", imediatamente me veio um flash de lembrança de um sonho lúcido que tive a bastante tempo em que eu estava na atmosfera caindo de costas e quando eu cheguei ao chão, estava no meio da rua em frente de casa e então olhei para cima e avistei acima de mim algo de grandes proporções, todo iluminado, e em formato circular. As mentoras perceberam que essa revelação havia feito surgir em mim milhares de perguntas, e fizeram um curioso movimento como se estivessem me empurrando e realmente eu fui puxado para trás e acabei entrando no quarto e em seguida, no corpo. Acordei bastante intrigado, e ainda sentindo uma leve sensação de consciência expandida. Afinal de contas, quem eram "ELES"? Ao meu ver, devido ao que já vivi, creio serem seres extraterrenos. Deixem suas opiniões, Obrigado por lerem! (Fiquei um pouco receoso de postar esse relato pois sei da ceticidade acerca de extraterrestres e projeção astral, eu mesmo sou um cético rsrsrs)
  16. Olá, espero que todos se encontrem bem e felizes. Recentemente tive a perda de um ente muito querido, na qual seu falecimento foi muito significativo para mim. Após ter recebido a notícia, e ter passado por momentos muito tristes e emocionais, me chegou o pensamento de tentar encontrá-lo em uma projeção astral, para que eu pudesse ao menos dar um último abraço e ter uma despedida feliz. Alguns dias passaram e na manhã do próximo dia consegui sair do corpo consciente. Estava em um quarto e tudo estava muito escuro. Quando consegui finalmente enxergar, vi sentado em minha cama este ente querido, que aparentava estar um pouco triste. Senti-me como se ele já estivesse a minha espera, e que este encontro já estava previsto. Enquanto o abraçava, perguntei a ele como se sentia. Me respondeu que estava bem, e que estava lidando com tudo. Percebi que apesar de aparentar estar triste, já estava a caminho de superar o acontecido. Ele gostava muito de debater sobre questões de vida após a morte e assuntos sobre temas filosóficos, então perguntei o que a morte lhe tinha trazido. O ente querido me respondeu com as seguintes palavras: - A morte me trouxe um monte de esclarecimentos Após ter comentado, ele me disse outras informações referente a sua nova jornada, porém não consegui compreender. Era como se meu ente estivesse falando em outro idioma. Desta forma disse a ele sobre minha dificuldade de compreender, então ele olhou em meus olhos e disse algo importante, mas infelizmente não consigo recordar. Durante a projeção, me vi muito preocupado em decorar tudo o que ele estava a dizer, pois sei que não é fácil de lembrar os detalhes após retornar ao corpo. Entretanto, não consegui gravar tudo, mas acredito que suas mensagens estão gravadas em meu subconsciente, e me lembrarei no momento certo. Eu agradeço a Deus e a todos os seres espirituais que trabalharam minhas energias e que permitiram este encontro, visto que o mesmo me trouxe paz, grande felicidade, e um último momento de união. Espero que todos possam ter momentos como este, pois sei que não é fácil lidar com o falecimento de alguém. Poder ter a oportunidade de se encontrar com um ente querido falecido é algo muito valioso, que nada pode proporcionar além de Deus. Obrigado ao nosso senhor muito amado. Desejo muito amor, e muita força para todos aqueles que leram meu relato, e que estão passando por um momento como este. A morte faz parte da vida, e faz parte de nosso progresso. Agora são só lembranças positivas, amor e muita saudade. Obrigado!
  17. Olá, venho relatar uma projeção que acabei de ter e deixarei aqui descrito enquanto as lembranças ainda estão recentes. Hoje a tarde, por volta das 15:50 resolvi tirar um cochilo. O dia está chuvoso e a temperatura, amena. Depois de mais ou menos 30 de cochilo, sinto meu chakra cardíaco pulsando, causando uma reação característica de início de soltura do perispírito. Senti meu corpo espiritual pouco a pouco "descolando-se" do físico pelas costas (Estava dormindo de bruços). Nesse momento perdi a consciência. Minha consciência retornou quando estava volitando no quintal da frente da minha casa junto com mais duas pessoas que na hora, pensei serem meu tio e o meu primo. Em um determinado momento em que voava por ali sem consciência, a consciência aflorou e pensei: "- Putz, estou projetado, vou parar de volitar aqui para não perder a consciência de novo." Nisso desci e aproveitei para trocar uma idéia com as duas pessoas, que nesse momento estavam sentadas na varanda da minha casa. Perguntei o que eles faziam aqui, se estavam apenas passando e resolveram ficar por um tempo, e um deles confirmou. Fiz a mesma pergunta para o outro que não havia respondido mas ele nada disse. Eu notei que o homem que respondeu, começou a ficar como que com sonolência e estava praticamente inconsciente. O outro indivíduo me disse para eu tomar cuidado com alguém que não entendi o nome. Respondi para ele que eu não era desencarnado, que eu não tinha medo pois estava fazendo projeção, e o meu corpo estava dentro de casa dormindo. Lembro que apontei para ele o quarto onde eu dormia, mas a minha consciência começou a desvanecer.. Após isso despertei no físico e vim escrever esse relato. Abraços.
  18. Olá pessoal, fiquei um bom tempo fora últimamente 😅 mas por motivos que tive que enfrentar, mas hoje retorno novamente e com uma pergunta 😁 Eu estou tendo devaneios muito rápido, as vezes faço uma técnica e conto de 100 até 1 depois de relaxar, então quando chego no 50 ou 40 sinto que minha mente começa a ficar bagunçada e com sono então começo a errar a contagem até cair no sono kkkkkk como posso reverter isso e transformar em algo que possa me ajudar a me projetar? Desde já agradeço 😁
  19. Após longa madrugada vendo vídeos sobre o assunto, deitei no meu quarto e poucos minutos depois, tive uma projeção astral, sai do meu corpo com E.V passando rapidamente ao túnel de fumaça branca formado em minha mente, meu portão estava todo aberto, passei por ele e corri na avenida principal do meu bairro, para cima e depois para baixo, sem saber para onde ir (não consegui lembrar de ir a um hospital de cura que era meu desejo, sempre vou na casa da minha irmã, que mora aqui do lado e é cética), resolvi ir na minha ex moradia, onde habita minha filha, a mãe dela e outros. Pensei em ir voando, e no final da avenida a qual corria, dei um salto e sai voando, logo com um barulho estrondoso de motor de moto ligado na minha cabeça, eu não conseguia voar tão alto quanto gostaria. Vi um acidente acontecendo abaixo, segue e após dois quilômetros no caminho certo, aconteceu um segundo acidente de carreta na minha frente, neste quase me ‘’acidentei’’, ocorreu em um momento que eu não conseguia voar alto e estava bem próximo da BR. Por algum motivo fui com dois caras ‘’de carona acho’’, fui a um local que parecia um pátio com uma pequena sala de onde saiu um cara super simpático que me ofereceu algo(algumas guloseimas), na hora pensei que pudesse ser um espírito e olhei no rosto dele que deu uma leve desconfigurada e depois continuou super nítido, então eu disse que ele era um espirito, ele começou a coçar os olhos e saquei na hora, perguntei se ele precisava de ajuda e que eu não queria nada, ele logo começou a se esconder então eu sai dali logo, pulando o muro com um salto. Numa rua esquisita na projeção que se passou a noite, veio um espírito gordo zombador rindo pro meu rumo, dizendo que iria me pegar e algo mais. Pedi ele que se afastasse e quando se aproximou eu perguntei se ele queria ajuda e etc, logo esse espírito ficou risonho de sem graça falando que ia me apresentar alguém (um homem mais velho, corcundo e de má aparência), que logo chegou entusiasmado querendo me pegar pelo braço com seu primeiro amigo dizendo que eu precisava de ajuda e eu logo lhe disse para se afastar e questionei se eu podia falar algo, ele disse: Claro; e eu pedi que ajudasse seu amigo pelo amor de Deus e os dois me olharam espantados. Não sabendo onde eu estava exatamente, não me recordo de todos os detalhes posteriores, lembro que pensei não estar conseguindo mais voar por estar muito tempo na projeção, me preocupei por não saber como voltar, ‘’fechei meus olhos’’ e quis ser levado direto ao meu corpo, o que acho que me trouxe até a porta da minha casa, onde o portão e porta estavam abertos, arreganhados, e eu fui direto a minha cama vazia onde ‘’acordei’’ em catalepsia projetiva fui na minha porta, tive um segundo pequeno sonho onde fiz sala a três espíritos que se não fosse pelo interesse de mandar ‘’elas’’ embora para anotar minha projeção, eu teria sido enganado. Quando realmente acordei de fato, eram 05 hrs da manhã e eu estava maravilhado com a experiência e já sumindo alguns detalhes frescos da minha mente, fui logo escrever, um pouco decepcionado por ter sumido detalhes vívidos da projeção. Depois fiquei sabendo que uma pessoa na casa onde tentei ir, sonhou comigo, sentiu meu cheiro e eu dizia a ela que tinha de ir, que não tinha muito tempo. Fiquei receoso mas algum mentor pode ter dado uma mãozinha, e eu não me lembro, ou foi uma coincidência magnífica.
  20. Depois de uma longa madrugada assistindo vídeos sobre o assunto, no dia 15/03/20. Deitei para fazer técnica de projeção, trouxe muita atenção para a respiração, tentando acalmar e sentir as energias, logo mais prestar atenção na minha tela mental, forçando o movimento do braço espiritual e meu tronco espiritual , às vezes tomando trancos por mexer o corpo físico(de tanta vontade) e também por retorno em pequenos desencaixe, mas o tempo passou. RELATO PROJETIVO: Perdi a lucidez quando não acreditava que ia conseguir manter a consciência e acabar dormindo, sai rolando para meu lado esquerdo, batendo na parede ainda sim rolando, escorregando pela porta e caindo na minha sala enrolado de cobertas, logo disse: Como posso continuar com essas projeções, quase me machuquei todo, por sorte estou bem, mas vou tentar de novo. e voltei para a cama sem perceber que já estava fora do corpo. Acordei em paralisia, tentei relaxar e vi um ponto de luz passando sobre meu quarto, na hora não sei porque assimilei, parecia uma fadinha, eu tentava sair do corpo e não conseguia, de repente vi alguns vultos e continuei tranquilo, me estressando por não conseguir levantar dali, astralmente falando, tentei fazer técnicas para sair da paralisia e recomeçar depois de uns 20 minutos, mas nenhuma técnica dava certo, tentei gritar e me agitar para ver o'que acontecia e apesar do esforço, não tinha certeza se estava mesmo gritando, a única certeza era que não estava dando certo de levantar. Fiquei calmo pensando como poderia sair dali, então tive a ideia de ficar pensando na minha sala e tentar mover o corpo espiritual, quando comecei ouvir barulhos na minha casa, dentre eles a descarga do banheiro, fiquei tranquilo e pouco tempo depois vi dois rostos horríveis me olhando e se olhando, um estava cerca de 1 metro a minha frente, pouco mais próximo que o outro, fiquei agoniado e logo começaram a soltar frases: - Você vai sair do seu corpo ?; - Vai sair do seu corpo ?; - Vou entrar no seu corpo; - Vou entrar nele; - Alguém vai entrar nele; - Vou ficar com seu corpo para mim. Fiquei agoniado e logo lembrei que todos precisam de ajuda, e assim que comecei a pensar frase do tipo: Eu te amo; precisa de ajuda?; posso ajudar?; eles sumiram (não sei se é a maneira mais adequada mas deu certo). Levantei da cama, olhei meu corpo não estava lá, olhei o banheiro da minha casa e aqui não havia nada, fiquei em dúvida sobre o que fazer, e resolvi ir na casa da minha irmã ao lado. Pulei o mura da minha irmã com um salto flutuante, aterrissei na valando e fui até ao quarto, tinha algumas crianças deitadas no chão pensei ser todos meus sobrinhos, fui entrando e tinham mais, foquei a atenção e nenhuma das várias crianças eram conhecida por mim, aparentemente, não vi ninguém aqui de casa, então sai e pensei em voltar, logo acordei no meu corpo em catalepsia. Não consegui sair da catalepsia usando as técnicas e fui envolvido em um sonho aqui em casa onde eu pensava a todo momento que deveria dormir para anotar algo, deitei e acordei 06h30 com as memórias vividas em minha mente. FIM Antes de anotar ainda fui na casa da ao lado ver se havia crianças ali, e só meus dois sobrinhos adolescentes estavam na casa, dormindo no quarto. Está experiencia trouxe informações novas e aprendizado ao meu estudo.
  21. No dia 01/02/20 deitei na parte da tarde para fazer técnicas de projeção em meu quarto, comecei brincando de mover meus braços espirituais e cada momento que eu me pegava pensando em outra coisa eu voltava a atenção a respiração natural e meu corpo espiritual, logo comecei forçar o levantamento do meu tronco inteiro acima do quadril, às vezes forçava tanto a imaginação que movia o corpo físico e me decepcionava por achar estar forçando errado. Enquanto eu brincava com corpo espiritual, comecei a sentir meu chinelo sair do pé e arrumei ele, logo ele começou a escorregar e eu resolvi deixar para não me atrapalhar, uma fumaça começou a se formar na minha tela mental, meu chinelo agora parecia fazer malabarismo em meu dedão. RELATO PROJETIVO: No momento em que se formou um túnel perfeito, todo esfumaçado, eu comecei a pender para meu lado esquerdo e logo fui sugado girando em direção ao túnel, ouvindo um ‘’flulll’’ barulho tipo de hélice bem alto, cai rolando no chão da sala da minha casa, olhei no quarto e não vi meu corpo. Decidi ir no meu pai, barracão dos fundos e tentar ver o que ele estava fazendo ou algo do tipo, sai no meu quintal e olhei para o muro e dei um salto por cima dele, aterrissei do outro lado na varanda da minha irmã e peguei o corredor, cheguei ao cômodo do meu pai e estava todo fechado, fiquei com medo de entrar e não conseguir sair, perder a experiência ali, então de lá dei um pulo sobre a parede lateral e cai nos fundos da casa da minha irmã, ali olhei para a parede e saltei em sua direção, atravessando e entrando no fundo do quarto da minha irmã (onde a anos atrás era outro quarto, que perdeu uma parede e juntou dois quartos em), vi uma parede que já não existe sem nem perceber, fui tentar atravessá la para ir ao outro quarto, e fiquei entalado, metade do meu corpo em cada quarto, na hora achei que estava preso na densidade da parede e guarda roupas, só via metade de meu corpo naquele ambiente, coloquei as mãos de volta na parede e puxei para voltar, olhei a porta e fui por ela. Assim que cheguei na porta do atual quarto dela, vi o quarto normal e estranhei, percebendo a plasmagem anterior, não havia ninguém ali, saí dali e pensei o que fazer ou voltar para o corpo, logo acordei no meu corpo em catalepsia. FIM Não consegui despertar logo e tive um pequeno sonho onde voltava a casa do meu pai, algumas coisas se passaram e eu queria voltar ao corpo, fiquei sem lucidez no sonho mas queria voltar para anotar, dai acordei no meio e fui anotar a projeção relatada acima.
  22. Minha Primeira Projeção Consciente em 2020. Foi minha primeira projeção após iniciar estudos no final do ano de 2019, passei o dia vendo os vídeos do curso de Saulo no youtube, para deitar de madrugada e tentar alguma técnica, exagerei e virei a madrugada em seus vídeos, cerca de cinco horas da manhã e com corpo doendo, resolvi esperar as sete horas(para ir na padaria para meu pai), mas também resolvi deitar para descansar o corpo, deixando as técnicas para mais tarde. Deitei de costas num colchão jogado no meio do meu quarto, fechei meus olhos e logo abri para não dormir, fiquei de olho aberto e lembrei que essa é uma técnica, na hora eu ainda ri por dentro debochando, de repente em um vulto meus olhos fecharam, na hora pensei que podia abri los mas ia relaxar e sentir o'que acontecia. RELATO PROJETIVO: Meu corpo teve uns dois, três espasmos físicos e comecei a balançar para os lados, fiquei tranquilo e comecei a ver algo se formando em minha tela mental, aumentando a velocidade em que eu balançava, se formou um túnel muito lindo, circular brilhante com várias cores, parecendo formado por meio círculos coloridos espalhados como em escama, fui sugado por ele, subi em sua direção girando e logo estava rolando na sala, fiquei muito feliz, entendi que havia saído do corpo. Quando levantei, pensei logo em sair dali, olhei a porta, a parede, e preferi tentar saltar em direção a parede para ir na casa da minha irmã ao lado, então pulei. saí do chão meio flutuante e percebi três coisas: eu não sabia pular, eu atravessei a parede e eu não estava na minha sala e sim no meu quarto, porque sai no quarto da minha irmã ao lado, flutuando sobre a cama tentando pousar, fazendo esforço contrário ao movimento como nadando no ar, quando quando aterrissei, dei logo um salto na direção de volta ao meu quarto e empenhado em ajudar com os braços, vi o que parecia três pessoas deitada na cama dela, aterrissei no meu quarto e não me vi deitado e em um estalo eu estava deitado novamente na mesma posição e balançando, pendendo a meu lado esquerdo até começar colar para o lado, até sentir meu rosto para baixo ao começar a rolar e perder a lucidez achando que ia acabar me sufocando o físico se eu saísse com ele naquela posição, daí abri os olhos e estava na mesma posição sentindo apenas muita felicidade e dopado de adrenalina, olhei no relógio e era cinco e vinte. Eu havia vivido uma experiência vivida, magnífica e marcante. FIM. Infelizmente perdi os áudio que usei em janeiro para lembrar a data da projeção, tendo visto que aconteceu depois do dia 15/01, não anotei na folha que escrevi a projeção na época, mas como não sou ligado a data, não pensava em escrever e eu achava que ia ser muito difícil obter resultado ao longo deste ano, depois tomei a decisão de escrever as posteriores.
  23. Oi, pessoal! Acredito que tive minha primeira projeção patrocinada e com recordação. Estava numa rua caminhando, de repente ouvi uma voz dizer: Acorde, você está sonhando. A partir desse momento comecei a acordar, numa sensação parecida com o acordar normal, no corpo. Comecei a me perguntar se era verdade, então me lembrei que meu corpo estava dormindo, lembrei do quarto, a hora que fui dormir, veio tudo de uma vez só, pacotão. Eu sabia que estava acordado, mas não estava no corpo. Senti uma felicidade muito grande no momento, contudo, tão intensa que perdi a consciência. Foi curta, mas muito legal. Acordei super feliz, mas sem saber o porquê. Fui lembrar após o almoço. O que acham? A descrição confere com algum outro relato?
  24. Hoje estava sonhando que eu controlava um corpo muito grande, estava achando que jogava um jogo de realidade virtual. Eu me encontrava numa delegacia, pelo visto, e eu estava em uma sala, na minha frente tinha um porta um pouco aberta, então eu sai da sala e logo ao sair vi um guarda que tentou me impedi, como eu tinha uma faca na mão, então eu matei ou feri o guarda, depois continuei para tentar fugir dali, quando logo perto da saída eu avistei mais 2 guardas, um tinha uma pistola, ficava gritando algo mais eu não entendia, então eu ataquei o que estava armado com uma faca, eu conseguir desabilitar esse, mas meus movimentos eram difíceis, me movia com esforço psíquico, imaginando a ação, a sensação era que eu estava controlando um corpo que não era meu, depois fui rapidamente pra perto do armado e o ataquei também, quando desabilitei os dois, eu abrir a porto que realmente deu for a do edifício, vi alguns carros estacionados, e perto de mim tinha uma moto, me aproximei da moto e percebi que ela estava com uma chave encima do couro da moto, peguei a chave controlando cuidadosamente aquele braço e mão que não pareciam serem minhas, coloquei na ignição e subi na moto, com um pouco de dificuldade mas eu já tinha pego o jeito da coisa, então liguei a moto, que só ligou ao girar a chave, e então passei a macha e acelerei, depois disso fiquei curtindo andar de moto pela estrada até que eu encontro uma curva e meu controlo sobre o corpo fica mais difícil, por um momento, eu estava andando na terceira macha, e sai da pista, e fiquei derrapando na terra mas voltei de volta pra pista, o pneu ficou com um aspecto feio, eu parei em um lugar, depois disso e uma mulher e uns caras começaram a falar comigo, falando que eu tinha que ajeitar o pneu, eu disse que não precisava, que ele só estava sujo de terra, pq eu tinha derrapado, mas ela disso que não, que eu tinha de ajeitar e me pegou a mão e me levou pro outro lado do pista onde tinha uma borracharia, ela gritou algo pra pessoa lá dentro mas ele não veio, então eu disse que ia entrar e entrei, era um terreno bem grande, ao entrar me deparo com um grande pátio, onde imaginei que se realizava algo da umbanda, era tampado no teto e o pátio era redondo, depois entrei mais e tinha a casa do cara, fui logo entrando, conversei com ele, me lembro que estava entendendo ele, mas agora não me lembro bem. Sai da casa depois da conversa, e quando cheguei no lado de for a me deparei com as pessoas que pediram pra eu consertar a pneu, eles ficaram agressivos e então eu já estava brigando com eles, ninguém tinha dado nenhum soco...agora vem a parte estranha… Nessa hora comecei a ver a cena em visão aérea, me via o corpo que eu estava controlando e as pessoas, quando minha visão desaproximou mais ainda e vi que estava assistindo a cena no meu celular! Eu estava achando legal, mas aí caiu a fixa...eu olhei pra quilo, vi o que tinha acontecido, e ganhei lucidez, Pensei “Esse é o plano Astral!” Me levantei logo no pulo da cama onde estava. O ambiente estava um breu, não via nada além do meu corpo, eu sabia onde estava a porta então fui até ela, eu ia abrir mas tentei atravessar, infeliz decisão, pois ao não conseguir atravessar, estava muito denso e ainda por cima o pouco de visão que tinha se foi...ficou tudo escuro,sai de dentro da porta e a abrir, passei pro lado de for a sem ver nada, tentei falar luz, mas não foi, comecei a bater as mãos com força, ao fazer isso eu conseguia ver o contorno das mãos como um choque, uma energia azul ao contorno delas, tentei focar nas mãos mas não funcionou e voltei pro corpo. https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/21174-dúvida-sobre-visão-astral/
  25. 14042019 ás 20pm Resolvi exteriorizar energias, devido o horário da agonia humana, então me sentei no sofá, relaxei, encostei a cabeça, e dei passividade, aguardando o contato com o amparador. Depois de bem relaxado, vi uma mulher por clarividência, uma chinesa, cabelo curto, em minha frente em pé, parecia estar com a mão apontada para mim, para minha cabeça. Eu a vi por dois momentos, creio ser a amparadora que vejo de vez em quando. Em outro momento me vi saindo, e conversando com alguém, e vi uma espécie de avião, ou outro aparelho para locomoção. Acho que vi somente o motor, estava elevado do chão, não vi asas, mas lembrava um monomotor, sei lá.
×
×
  • Create New...