Você pode ver o relato anterior em:   Vamos pular para 2015 na trajetória que venho lhe pondo à par. Eu estava em Fortaleza e me habituando à cidade. Decidia se moraria nessa bela cidade de vez ou não. A passagem do ano de 2014/2015, em vez de ir à praia de Iracema eu decidi ficar em casa, já tinha visto a passagem do ano lá e em outras praias do Brasil. Naquele momento eu estava bastante reflexivo e recolhido. Não saí de casa. Procurava desenvolver uma forma de auto-conhecimento