Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

Ontem fiz as tecnicas umas 22:00  , tbm realizei o EV e apois isso dormir ja que tinha colocado o despertador pra me acordar 2 hrs da manha , entao acordei me preparei tudo e nisso tentei projetar nao consegui veio o sono e acabei dormindo , no sonho pela manha me lembrei que tinha .... me deparado com 2 caras daquie da minha cidade .OBs: um conheço e o outro nao > apos isso me chamaram para ir na casa deles fumar uma marihuana , peguei e fui ... quando eu vou fumar senti parecendo que meu corpo  todo lerdo , e fora isso que eu tava muito zonzo ao ponto de sentir parecendo uma névoa tipo o ar mudouu do nada .

Queria saber por que aceitei tao facil .. e por que me senti depois como se aqueles la nao fossem o pessoal da minha cidade ....  ; E por que nao fiquei lucido ao ponto de negar ????  alguem me da uma informaçao a respeito .. espero anteciosamente 

 

 

                                            boa noite !

Link to comment
Share on other sites

Cara, isso tem vários fatores. 

O primeiro é educativo: muito provavelmente você estava semi lúcido, tanto que notou que o o ambiente mudou, seu corpo ficou lerdo e tal. Provavelmente os mentores acionaram o que puderam de sua lucidez, para você notar onde estava metido: um ambiente ATRAL MUITO DENSO, e ficou mais denso ao você entrar na onda.No físico, a casa de um usuário de drogas chega a ser tão densa que pessoas um pouco sensíveis relatam vultos atrais passando a toda hora, nem precisa ser médium para notar. Então um ambiente astral em que "só dá eles", deve ser muito denso. Os mentores devem ter despertado m poco da sua lucidez para você perceber a alteraçaõ de densidade e lembrar depois, ver NA PRÁTICA o que é isso.

Segundo, que o mais é fazermos nos sonhos o mesmo que fazemos em vigília, andarmos com as mesmas turmas e tal. Então um sonho te mostra algo SOBRE VOCÊ ,SUA COMPANHIAS ASTRAIS,  E SUA VIBE. 

Terceiro: Após virar vegetariano, acho que demorei um ano ou dois para parar de sonhar que de vez em quando me ofereciam carne, nos sonhos. Nas primeiras vezes eu aceitava. (você pode romper um hábito no físico, mas hábitos tem raízes no corpo astral demora muito mais para limpar seu corpo astral dos hábitos antigos)

Depois eu aceitava mas ao botar na boca, notava algo estranho, mas engolia...

Depois eu aceitava, botava na boca , notava algo estranho, e não engolia, cuspia

Por fim chegou a época em que não aceitei mais, porque lembrava que carne "não é de comer".

Demora. 

 

Link to comment
Share on other sites

8 minutos atrás, sandrofabres disse:

Cara, isso tem vários fatores. 

O primeiro é educativo: muito provavelmente você estava semi lúcido, tanto que notou que o o ambiente mudou, seu corpo ficou lerdo e tal. Provavelmente os mentores acionaram o que puderam de sua lucidez, para você notar onde estava metido: um ambiente ATRAL MUITO DENSO, e ficou mais denso ao você entrar na onda.No físico, a casa de um usuário de drogas chega a ser tão densa que pessoas um pouco sensíveis relatam vultos atrais passando a toda hora, nem precisa ser médium para notar. Então um ambiente astral em que "só dá eles", deve ser muito denso. Os mentores devem ter despertado m poco da sua lucidez para você perceber a alteraçaõ de densidade e lembrar depois, ver NA PRÁTICA o que é isso.

Segundo, que o mais é fazermos nos sonhos o mesmo que fazemos em vigília, andarmos com as mesmas turmas e tal. Então um sonho te mostra algo SOBRE VOCÊ ,SUA COMPANHIAS ASTRAIS,  E SUA VIBE. 

Terceiro: Após virar vegetariano, acho que demorei um ano ou dois para parar de sonhar que de vez em quando me ofereciam carne, nos sonhos. Nas primeiras vezes eu aceitava. (você pode romper um hábito no físico, mas hábitos tem raízes no corpo astral demora muito mais para limpar seu corpo astral dos hábitos antigos)

Depois eu aceitava mas ao botar na boca, notava algo estranho, mas engolia...

Depois eu aceitava, botava na boca , notava algo estranho, e não engolia, cuspia

Por fim chegou a época em que não aceitei mais, porque lembrava que carne "não é de comer".

Demora. 

 

entendi muito obrigado pela minha duvida ... paz e amor que a luz sempre ilumine !

Link to comment
Share on other sites

Eu acho que o Sandro foi bem direto ao ponto. Acho que vale a pena você continuar tentando sair consciente e talvez ao sair já consciente você consiga ter maior controle e aí vai dar pra entender melhor o que anda acontecendo por lá e até mesmo conseguir evitar de ser influenciado.

Link to comment
Share on other sites

3 minutos atrás, Iogui disse:

Eu acho que o Sandro foi bem direto ao ponto. Acho que vale a pena você continuar tentando sair consciente e talvez ao sair já consciente você consiga ter maior controle e aí vai dar pra entender melhor o que anda acontecendo por lá e até mesmo conseguir evitar de ser influenciado.

concordo , mudei bastante quando encontrei esse forum e outros assuntos da net , nao chingo mais , habitos que fazia antigamente nem faço mais nem me da mais vontade , é que to afim de aprender  ... e melhora em si proprio   ! muito obrigado irmao Iogui

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

30 minutos atrás, Edivando Luis Viale disse:

concordo , mudei bastante quando encontrei esse forum e outros assuntos da net , nao chingo mais , habitos que fazia antigamente nem faço mais nem me da mais vontade

Deixo como indicação um post que me ajudou bastante e tem relação direta com esse tema de auto-aperfeiçoamento:

E aqui um outro tópico, que também fala um pouco. Mas além desses dois posts existem muitos outros sobre o mesmo assunto, e vídeos do Saulo também. 

Recomendo dar uma pesquisada porque pra mim essa coisa do auto-controle e da atenção aos próprios sentimentos e pensamentos foi algo que pra mim mudou muuuuuita coisa, da água para o vinho mesmo. Não só quanto a não xingar/se irritar com tanta facilidade, mas a manter uma tranquilidade no dia-a-dia de um modo geral. Vida fácil ninguém tem, todo mundo tem problemas, tem frustrações, tem pessoas que a gente não se dá tão bem na nossa volta... então o que nos resta é tentar controlar não eles, mas o modo como a gente vai reagir.

Link to comment
Share on other sites

5 minutos atrás, Edivando Luis Viale disse:

nao chingo mais ,

Percebeu isso??? 

A linguagem tem um efeiti importante na psique e energias. Duas coisas que é bom evtiar mesmo: 

- xingar/ usar palavrões

- brincadeiras/piadas de duplo sentido/ironias

O duplo sentido gera um tipo de "bifurcaçao de corrente mental", voce nota isso observando como entram as idéias que você ouve dos outros. E a prática nessa distorção te leva também a criar uma certa "ardilosidade mental" que alimenta segunda intenções em si, e te faz procurar segundas intenções nos outros. Ao observar como sua mente funciona quando exposta a esses estímulos você percebe que são como um tipo de toxina mental. O bom é ir eliminar isso. Vai notar que sua mente ficará bem mais "leve".

Mas claro, o que falei acima não é facilmente explicável,  você pode não perceber agora, mas após um tempo sem deixar sua mente escorregar na direção do duplo sentido e xingamentos vai percebendo as mudanças, que te levam a um melhor equilibro interior.  Claro que se quiser ou precisar, use, não estamos falando de "pecado", estamos falando que certas coisas geram certos efeitos, e que por isso mesmo devem ser usadas com cuidado, SABENDO o que está fazendo. Isso, por si só, já elimina a prática diária, caótica, viciante, das más atitudes

 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

21 horas atrás, sandrofabres disse:

Percebeu isso??? 

A linguagem tem um efeiti importante na psique e energias. Duas coisas que é bom evtiar mesmo: 

- xingar/ usar palavrões

- brincadeiras/piadas de duplo sentido/ironias

O duplo sentido gera um tipo de "bifurcaçao de corrente mental", voce nota isso observando como entram as idéias que você ouve dos outros. E a prática nessa distorção te leva também a criar uma certa "ardilosidade mental" que alimenta segunda intenções em si, e te faz procurar segundas intenções nos outros. Ao observar como sua mente funciona quando exposta a esses estímulos você percebe que são como um tipo de toxina mental. O bom é ir eliminar isso. Vai notar que sua mente ficará bem mais "leve".

Mas claro, o que falei acima não é facilmente explicável,  você pode não perceber agora, mas após um tempo sem deixar sua mente escorregar na direção do duplo sentido e xingamentos vai percebendo as mudanças, que te levam a um melhor equilibro interior.  Claro que se quiser ou precisar, use, não estamos falando de "pecado", estamos falando que certas coisas geram certos efeitos, e que por isso mesmo devem ser usadas com cuidado, SABENDO o que está fazendo. Isso, por si só, já elimina a prática diária, caótica, viciante, das más atitudes

Interessante.  Tinha percebido isso além das palavras que agente transmite o que agente também escuta e ver.  A pessoa pode baixar as próprias frequências  vibratórias só pelo modo de falar ( xingar/palavrão conversando coisas esdruxulas ) e também escutando determinadas coisas como certas  músicas e vendo  certos jornais e filmes, por exemplo. Quando comecei nisso ( faz um bom tempo) eu não percebia isso mas quando vai estudando e praticando se vai ficando um pouco mais sensível e comecei a perceber que as músicas que ouvia, jornais que assistia e determinados filmes faziam minha vibração baixar. Tem certas situações que é bem perceptível, o cara começa bem e depois percebe que as energias tão na pior. Mas acho que é sempre como o Saulo fala : " É  questão sintonia" , claro que a pessoa pode passar o dia todo bem com vibração alta ai antes de dormir assiste um filme de terror e sem perceber abaixa as vibrações,  ai não pode reclamar depois se sai e vai pro umbral. Um dia de dedicação pode ir por agua abaixo por uma simples conversa/fala ou por assistir algo.

Link to comment
Share on other sites

Sei lá, Minato, quanto a isso eu ainda não sei bem o que pensar.

Quanto a música e a filmes especificamente até eu concordo contigo, porque penso que ambos atingem mais o nosso subconciente. No caso da música, se a gente está melancólico, por exemplo, ou com raiva, e coloca para tocar uma música que fala daquele tema, isso parece imergir ainda mais a gente naquele sentimento que já existe, aumentando ainda mais ele. 

Mas ainda assim, eu acho que depende muito. Eu pessoalmente não sou uma pessoa que joga jogos online, não é a minha praia. Mas usando o exemplo de alguém que joga, eu não acho que se uma pessoa gosta de jogos com uma temática violenta, por exemplo, ela vai baixar a frequência simplesmente por jogar o jogo. Tenho pra mim que ela vai baixar a frequência se ao invés de ver o jogo como uma mera distração, usar aquilo pra exprimir um sentimento de raiva que ela já tem guardado internamente, mais como um modo de exteriorizar no jogo o que ela sabe que não poderia exteriorizar na vida real. Fazendo isso, aí sim o jogo será algo ruim, porque ela não estará interagindo com aquilo de um modo imparcial, ela estará, enquanto joga, se identificando com um sentimento que ela mesma já carrega e aí sim se conectando com aquela vibração. 

Mas isso é o que eu acho, e claro, pode ser que eu esteja errada.

Nesse tópico é comentado um pouco sobre músicas:

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...