Minha Primeira Experiência

Saulo Calderon Relatos, Relatos Saulo Calderon 8 Comments

ilustracao_peq

 

Era abril de 1992, eu tinha 15 anos e voltava do colégio. Por volta do meio-dia cheguei com um sono incomum, sentia um peso enorme a caminho de casa, minha vontade era somente dormir.
Com a mochila às costas entrei em casa e ouvi minha mãe chamando-me para almoçar e falei que ia dormir um pouco. Subi e fui para meu quarto. Joguei a mochila na cama e me deitei no tapete sobre as almofadas ainda com a farda do colégio.Não notei o tempo passar, a sensação para mim foi  quase que instantânea, pois mal havia deitado e só deu mesmo tempo de transcorrerem alguns minutos e entrei num choque (não doloroso) muito forte.
Vibrações intensas circulavam meu corpo e não pude deixar de pensar que de alguma forma havia ficado grudado na tomada que havia em cima de onde estava deitado.Sentia uma agonia, pois não conseguia também movimentar o corpo, só sentia aquele tremor e então achei que morreria se continuasse sem tentar nada. Instintivamente comecei a forçar o corpo na tentativa desesperada de sair do choque que me abarcava.

Desejei tão fortemente sair da situação que consegui levantar-me e corri em direção à porta do quarto. Aliviado senti uma sensação de leveza formidável e fiquei muito feliz por ter me salvado daquela situação horrível. Só que algo estava estranho, eu estava me sentido muito leve.
Então virei-me e olhei para o lugar onde ficava a tomada, quando percebi um corpo deitado de lado entre as almofadas. Por alguns segundos não consegui interpretar que era meu próprio corpo, mas logo vi que se tratava de algo mais sério: eu havia morrido! Como assim, morrido? Como eu poderia ter morrido e estar ali fora do meu corpo, vendo-o deitado? E por que eu estava tão tranqüilo? Como eu podia ter morrido?
Milhares de pensamentos  apareceram em minha mente. Comecei a pensar na minha mãe, no almoço que deixei de aceitar. Nessa hora eu também me acalmei e indaguei novamente: se eu morri como posso estar aqui e tão tranqüilo? Pensei em ir até a cozinha tentar avisar a minha mãe que estava tudo bem, quando notei uma pessoa do outro lado de minha cama.Era uma bela moça, aparentava uns 17 anos.
Tinha os cabelos levemente loiros, olhos claros e sorria para mim. Ela passava uma paz tão formidável que até havia esquecido que estava morto. Na minha cabeça, com 15 anos, jovem que só pensava em jogar bola, tocar violão e teclado, vídeo-game e namorar e, de repente, aparecer uma bela moça  no meu quarto era tudo o que um adolescente sonhava. Por alguns momentos aquela cena deixou-me hipnotizado. Ela tentou me falar alguma coisa, infelizmente não ouvi. Ela veio em minha direção e foi quando tudo voltou ao normal.
Pois, ela definitivamente atravessou a minha cama. Foi, aí, que me lembrei de que eu havia morrido e que então ela era uma alma penada e meu desespero voltou.Instintivamente corri em direção ao meu corpo (não sei por qual razão fiz isso), talvez fosse o melhor a ser feito.
Assim senti o corpo puxar-me e novamente as sensações de choque se instalaram tão fortemente quanto antes. Então pensei: “O corpo ainda está morrendo”. Não perdi as esperanças, acreditei que podia sair daquela situação, usei toda força que podia e novamente levantei. Só que dessa vez olhei para baixo para saber se havia voltado com o corpo físico e vi que sim. E saí aos pulos do quarto, correndo, saltando e agradecendo a tudo que é Santo por estar vivo.

(Continua no Livro: Um Iniciante na Viagem Astral)

Comments 8

  1. eita saulo!! essa é classica, kkkk a primeira v.a q me lembro foi com nove anos, senti o processo de saida, mas saí so da cintura pra cima, gritei feito louca pelos meus pais, mas minha voz não saia direito, rsrsrs daí vi vindo pelo corredor uma figura toda de luz branca, mas na inocencia da idade, associei aquela figura com os fantasmas de lençol dos desenhos animados, meu terror foi tão grande q voltei pro corpo, e hoje penso no q aquele ser de luz queria me dizer. rsrsrs paz e luz querido

  2. entao Saulo…
    passei por uma experiencia parecida com essa, so que no meu caso, na hora em que comecou o processo eu consegui “escapar” da projecao, hj me arrependo amargamente ,pois, pela minha total ignorancia no assunto, achei que alguma coisa muito ruim estava acontecendo…logo apos esta experiencia,passei por um processo depressivo que me fez procurar ajuda na internet…foi onde encontrei alguns artigos falando sobre o tema, me interessei pesquisando um pouco aqui e ali ate chegar no seu site…estou tentando ha alguns meses e ate agora nao consegui nem chegar perto do que aconteceu naquele dia…mas, como voce diz…e um trabalho pra vida toda….rs entao, continuarei tentando…perseverando um dia chego la!!!fico por aqui pedindo desculpas pela falta de acentuacao(meu pc nao tem acentos)e agradecendo por ter me revelado um mundo que sequer desconfiava da existencia, um grande abraco e muita luz!!!!pra voce e sua equipe….

  3. eu acompanho seu site faz um tempo,já fiz os cursos de viagem astral do site, quando era mais novo, eu tinha catalepsia projetiva, mas não sabia o que era, só sei que achava horrível, tinha até receio quando ia dormir, uma vez entrei no quarto de um amigo meu, ele estava dormindo e vi um corpo parecido com o dele em cima ligado por um feixe ao debaixo, só que o que estava em cima parecia que timha a cabeça menor, só muito tempo depois estudando foi saber o que era. eu ainda não tive uma projeção lúcida, apesar de treinar, um abraço, adoro seu site.

  4. Essa Noite pela segunda vez, eu sai no Astral de forma consciente, vou relatar aqui como aconteceu:
    Ontem tive um dia muito cheio, pois trabalho como produtor e editor de video e fiquei desde de cedo até a noite em cima de um trabalho, quando fui me deitar senti que eu estava muito cansado e com muito sono, então me deitei e conforme fui adormecendo eu sentia umas vibrações e por alguns instantes me assustei com aquelas vibrações e acabava despertando, parecia estar entre o acordado e o dormindo, então relaxei novamente e quando me vi eu estava em pé no quarto ao lado da cama, a luz estava apagada e a porta fechada como sempre de costume ai como eu ja tinha pesquisado sobre viagem astral, eu desconfiei se eu estava com o corpo fisico ou não… e tentei acender a luz para ver se eu via meu corpo na cama pois estava bem escuro, no tentativa de acender a luz eu não conseguia tocar o interruptor ai percebi que eu nao estava no corpo fisico entao olhei para cama e vi um pouco no escuro que tinha um corpo ali deitado no caso meu corpo físico, me dei conta então de que eu estava consciente no meu corpo astral, e conscientemente eu resolvi aproveitar o momento para explorar um pouco a experiência, estava no mesmo lugar de frente para a porta fechada do quarto ao lado do interruptor, ai pensei em sair do quarto e descer as escadas para dar uma olhada la embaixo na sala e cozinha , na tentativa de abrir a porta.. eu nao conseguia segurar no trinco, minha mão atravessava ai entao eu atravessei a porta e sai do outro lado me vendo diante da escada no que eu fui descer a escada percebi que meus pés não tocavam o chão eu estava flutuando a +- uns 20cm do chão.. e como a escada é decrescente eu fui descendo como se estive-se voando… chegando um andar de baixo quando percebi que estava flutuando eu pensei em tentar flutuar mais alto e fui indo pra cima… ficando a +- 1Metro do chão e estava meio inclinado próximo ao teto olhando pra baixo.. eu vi uns seres parecia crianças umas 3 me olhava flutuando e ficavam em baixo pulando tentando alcançar meus pés… fiquei um pouco com medo daquilo… e logo pensei em voltar pro meu corpo.. mais derrepente.. estava muito próximo de um Ser.. que eu não consego descrever.. que segurava minha mão muito forte não deixando eu sair dali… nesse momento eu não estava mais flutuando, acho q eu ja tinha voltado para o meu quarto… mais não ainda pro corpo.. foi numa tentativa de voltar que esse Ser me segurou pelas mãos ficando bem próximo de mim… e eu fazia força para escapar das mãos dele e voltar pro meu corpo.. até que então eu consegui fazendo força me soltar… e rapidamente me sentindeitando ao lado do corpo sendo puxado de encontro a ele.. sem seguida acordei no meio da noite… e percebi que tinha voltado para o meu corpo… fui acender a luz para conferir.. e realmente estava la.. de volta no meu corpo físico… fiquei um pouco com medo de dormir novamente… mais eu estava muito cansado e precisava descansar.. ai entao.. eu apaguei a luz… e mentalizei a Deus pedindo proteção para que eu pudesse dormir em paz.. sem que acontece-se isso novamente!
    Enfim dormi acordei hoje.. lembrando de tudo conforme eu acabei de descrever!
    Gostaria de receber aqui comentários de pessoas mais experiente com isso…

    Abraço a todos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *