Por que o projetor é usado nos amparos?

Saulo Calderon Informações 4 Comments

projetor_amparo

A diferença está no padrão energético
entre os Mentores e os Espíritos em Desequilíbrio, na dificuldade nessa comunicação!

As pessoas quando chegam num nível de bom equilíbrio mental, emocional e energético começam a ter um maior tempo para reencarnar(voltarem a nascer), podendo passar de 300 anos entre uma vida e outra e em alguns casos nem mais precisam vir e só fazem por missão, total dedicação e amor aos seres.
Isso implica na necessidade da liberação do campo energético mais densificado, o que chamamos de Segunda Morte, esse campo é o que nos faz ficar encarnados aqui, o que faz o intermédio entre o corpo espiritual e o físico.
E quando esse corpo energético é descartado, causa uma grande sutilização em relação à vibração que sentimos no corpo físico.
Mas a natureza é sábia e tem tudo programado e não deixa nada desamparado.
É aí que entram os espíritos que ainda trabalham nas zonas inferiores e que ainda mantém o campo energético mais denso e conseguem também trabalhar no amparo no Umbral.
Mas a quantidade de seres em desequilíbrio é muito grande e outros lugares também são usados como pontos de apoio, como casas esotéricas, centros espíritas, igrejas, etc…

É nessa mesma lógica que entra o projetor astral.
Por ter um corpo físico e o campo energético mais denso ele é usado pelos mentores nos amparos.
Através da doação energética do viajor, os mentores depositam magnetismo e técnicas médicas superiores para que o trabalho seja feito da melhor forma possível.
Quase sempre quando há amparo espiritual de um projetor para um ou mais espírito, há no mínimo no ambiente um mentor espiritual acompanhando o projetor e mais um que conhecia especificamente a(s) consciência(s) amparada(s). Enquanto o mentor espiritual do projetor o ajuda a ficar lúcido, sintonizado e controlado energicamente, o outro entra com as essências espirituais necessárias e específicas para cada tipo de paciente.
Lembrando que nenhum amparo acontece por acaso e que não é qualquer espírito que encontramos no mundo espiritual que está na hora certa de ser ajudado.
Há uma infinidade de situações que facilitam o amparo e os mentores sempre levam o projetor para o lugar específico. Muitos projetores querem ajudar uma ou outra consciência, às vezes amiga ou parente e não entendem que nem sempre é possível que aquele tipo de ajuda seja usado naquele momento.
Os espíritos são escolhidos pelo nível de consciência, por já aceitarem a possibilidade de mudança e estarem já com a compreensão dos seus erros e de que alguns caminhos só levam ao sofrimento…

Eis aí a grande utilidade da projeção astral.
Quando um homem encarnado alcança um nível razoável de compreensão e domínio de suas energias e aproveita o sono do corpo físico para ser útil nos bastidores do nosso planetinha…

E todos nós podemos despertar para essa realidade que está a nossa frente todo dia ao dormir!
A grande maioria ainda adormece dentro de si mesmo..

Mas há um chamado no ar…
Há uma sutil voz, um suave canto que nos chama a todo dia mais ou menos assim:
“Vem, vem voar pelos céus do mundo astral
vem, vem aproveitar sua liberdade,
vem, vem conosco levar luz a quem precisa,
vem, vem ver a felicidade que é ser útil
vem, vem ser um do nosso grupo,
vem, vem que o trabalho urge,
e nas veredas da terra seres choram!
Deixe vibrar a luz no frontal e iluminar o coração espiritual!
Coloque-se à disposição que ouviremos também o seu chamado.”

Comments 4

  1. Concordo com você, Saulo. mas acho que completaria o seu texto falando do amor e da compaixão ; pois para mim, sem esses sentimentos verdadeiros não ocorrem os amparos.

  2. Obrigado Saulo pela mensagem de estímulo. Isso motiva mais a trabalhar e melhorar internamente, buscar pelo estudo, pelo entendimento o aperfeiçoamento necessário para se tornar um instrumento cada vez melhor para auxiliar nossos irmãos, muitas vezes em situações mais aflitivas que a nossa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *