Projeção e Deficiência Física (Uns dos maiores benefícios da projeção)

Saulo Calderon Informações Leave a Comment

Talvez o maior benefício da projeção seja dar força a quem vive na dimensão física com sofrimento. Para aqueles que passam uma vida inteira de limitações e preconceitos, a projeção é um novo renascimento, uma liberdade muito maior até do que um corpo humano “perfeito”, é o oásis num deserto, uma benção de Deus.
Imagine uma criança deficiente que pode se locomover a velocidades fantásticas, um cego que pode ver mais de uma dimensão, ver sua casa, seus amigos, seus filhos…!
E os deficientes físicos tem uma vantagem em cima das outras pessoas na projeção, a fiel necessidade de se locomover, por isso um domínio muito maior da situação simplesmente porque sua vontade é inquebrantável capaz de mover qualquer barreira. Mas existe um fator que costuma derrubar os mesmo, é o condicionamento psicológico, devido a dimensão espiritual ser moldada a pensamento, se você acha que é deficiente você é, sendo assim muitos costumam dizer que continuaram com dificuldades, por isso cautela, somente seu corpo tem dificuldades, sua mente tem que estar limpa sobre o assunto.
Foi extraído um relato muito interessante do livro “Aventuras além do corpo” de William Buhlman, de um homem que está paralisado da cintura para baixo há mais de vinte anos:

“Sentado em minha cadeira de rodas, estou lendo em livro sobre experiências extracorpórias. Sendo um homem de 63 anos, com educação tradicional, duvido mesmo que esse tipo de coisa seja real. Parece esquisito demais para ser verdade.
O livro traz um exercício de visualização que parece bastante simples. eu decido que, afinal, por que não? – não faz mal tentar. Começo a imaginar a casa de minha filha. Faço de conta que estou na casa dela e abro a porta da frente. Mentalmente, entro na sala de estar e começo a imaginar a mobília, o carpete, as janelas, os quadros, e até as plantas. Fico um tanto surpreso ao ver como é fácil e divertido fazer isto. Finjo caminhar até a mesinha de centro e procuro apalpá-la. Sento numa poltrona e tento sentir a textura do estofado.
Depois disso, a primeira coisa que me lembro é um sonho, em que estou voando, sobre uma bela padaria.
Aí então, sinto uma estranha vibração a me percorrer. O barulho fica cada vez mais forte, até que percebo que estou flutuando bem acima da minha cadeira de rodas. De início fico perplexo, mas estou completamente acordado e consciente. A sensação de flutuar é maravilhosa. Penso em ir até a porta e instantaneamente flutua até lá. Uma sensação de alegria flui em mim enquanto flutuo atravessando a porta e percorrendo a minha casa. Pareço capaz de planar onde desejar.
Juntando coragem, decido tentar voar. Enquanto penso nisso, meu corpo vira no ar. Abro meus braços e imagino que estou voando como um pássaro. Instantaneamente, estou planando como uma águia no céu. Vôo sobre o meu bairro e posso ver as casa lá embaixo. Penso no meu corpo físico e, de repente, estou de novo na minha cadeira de rodas.
Meu coração bate acelerado pela excitação enquanto escrevo isto. Não tenho palavras para expressar o contentamento que esta experiência produz. Quem dera eu tivesse ouvido falar nisso a vinte anos atrás”.

Pois é irmão, o mundo realmente é cheio de sofrimento e provas, mas nosso bondoso pai, sempre abre uma porta para seu jardim de amor, enfrentemos o que vier pela frente, pois sabemos que podemos nos libertar para este mundo tão grande e belo que não é nada mais do que, o nosso lar!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *