Receita para uma Alma Feliz!

Saulo Calderon Informações, Mensagens 5 Comments

1- Pegue o ovo do Emocional e quebre ele!
Tire a parte de fora (clara), e deixe somente a gema das boas lembranças.

Lembre-se que apesar de jogar a clara das lembranças ruins pra fora, saiba que elas devem ser úteis como base para futuras receitas. Não são em todas as receitas que conseguimos separar a parte ruim das boas, mas procure sempre entender que é normal ter as duas coisas nesse prato e aprender a conviver com os erros passados sem culpas, mas transformando isso em caminhos para o acerto.
Chama-se: experiência.

2- Meia tigela de paciência…
Sem isso o prato não vai ficar bom.
Mas esse ingrediente deve estar em dias, olhe a validade. Não deixe que o tempo estrague a sua paciência e que se torne inválido como estão acontecendo com muitos nas prateleiras do mercado da vida.
Paciência não deve ser usado na receita sem a compreensão do porque se usa.
Estamos num hospital, num local onde a maioria não está nada bem internamente, a questão da paciência é saber onde se está e porque é preciso desse tão importante tempero.

3-Um colher cheia de lucidez!
Cuidado com as coisas que observa no mundo.
Não mergulhe muito fundo na descrença, mas também cuidado com o tamanho da colher, é uma colher CHEIA. Você tem a capacidade de ser um observador. Perceba cada situação onde passe, esteja lúcido para cada ideia, cada informação, cada pessoa que passe ao seu lado.
Observe cada coisa ao seu redor e procure não julgar antes de ter certeza do que se trata.
Se esquecer esse ingrediente, o seu prato vai solar e ficar com gosto de misticismo…

4- Um pote da manteiga do Bom Humor!
Se tem uma coisa que esse prato tem é a ALEGRIA!
Muitos pratos feitos nesse mundo estão secos e sem gosto, esse ingrediente vai deixar você mais leve e passando melhor por cada situação da vida.
Você pode não ter tudo, mas tem você ao seu lado o tempo todo e sua presença vai ficar marcada com esse ingrediente, fará com que não fique tão seco para você e para o mundo a sua volta.

5- Duas colheres do Sal da doação!
Todos os ingredientes são importante mas esse é o que vai dar gosto em tudo!

Não viva só pra si mesmo.
Esse prato é feito para todos.
Nem todos nessa jornada estão felizes e ainda não conseguem montar essa receita.
Divida o seu melhor com todos.
Transmita energia, alegria, luz e conhecimento a todos ao seu redor!
Dê um presente em cada lugar que for, ofereça um pedaço do prato da sua alma, mesmo que ninguém perceba, seja luz!

6- Uma pitada de bom senso!
Entenda que nem todos vão querer esse prato por perto!
Por mais que não compreenda bem, o mundo não existe somente até onde nossos olhos físicos alcançam…
Há mais coisas nos bastidores que não entendemos.
Não entender significa exatamente não julgar, não apontar, não condenar…
Procure não falar tudo que sabe por todo lugar que ande, até porque, a intenção não é converter ninguém para a nossa realidade, mas manter a nossa alma em harmonia e dar o melhor de si mesmo quando for possível.
Ajudar é importante, mas nem sempre poderá fazer isso.
Às vezes verá sofrimento e não poderá salvar o mundo e nem contar tudo que sabe.
Respeite as pessoas e o seus momentos e sofrimentos.
Por mais que pareça terrível, o sofrimento é o lapidador principal desse planeta.
É através da dor que muitos acordarão dentro de si mesmos.

7- Complique menos as coisas…
Essa é a maior parcela da receita.
Coloque 1 Kg de simplicidade, é o fermento de toda a receita.
E pronto!

E o mais importante.

Esse prato deve ser feito e alimentado todo dia.
Toda manhã, assim como alimentamos o corpo físico, devemos realimentar a alma com esses pensamentos!

Não permita que você mergulhe nesse mundo onde a maioria só pensa em si mesmo.
Onde não se vê um olhar para o lado…
Onde a maioria está sem ar de tanta dificuldade que estão envolvidos em si mesmos…

Perceba onde está e pergunte-se:
O que faço aqui?

Assim como todos nós, você não saberá exatamente a resposta, mas tem uma que encaixa mais ou menos:
Você não nasceu por acaso!
E pode fazer a diferença!
Precisamos de almas que pensem assim!
Que mesmo sabendo não serem perfeitas, também reconhecem e acendam a sua luz interna para iluminar esse mundo ainda tão mergulhado em si mesmo.
Se quer um bom motivo pra viver, viva para fazer alguma diferença, faça da sua jornada algo positivo, que sua passagem por aqui seja marcada por pequenos atos por todo lugar que vá.

A vida continua e um dia (mesmo que não acredite), abrirá os olhos dessa alma do lado de lá…
Que sejam os olhos de uma alma feliz e em paz!

E essa felicidade deve começar aqui e agora…

Já preparou a sua receita hoje?

Pois mesmo torto eu já fiz o minha!
E pode sentar-se comigo!

Um ótimo dia!

Saulo Calderon

Comments 5

  1. Obrigada Saulo por essa mensagem maravilhosa que nos faz refletir sobre a nossa vida e entender que não estamos aqui por acaso e que devemos procurar melhorar a cada dia o nosso interior para que possamos levar coisas positivas para as pessoas que estão ao nosso redor.

    Grande abraço e que Deus continue te iluminando sempre!

  2. Aonde está aquele menino que olhava pela janela,
    uma flor azulada e molhada de sereno ?
    Eu via que ele era legal ,e o mundo ao seu redor brilhava .
    De pé em seu berço pela primeira vez,logo quando acordou.
    Mamãe está por perto ,pois ouço a sua voz,e penso;será que ela vai me ver ?
    De pé ? como eu me vejo ? lá da porta ?
    A lembrança mais remota,e mais significativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *