RELATO: Chaves me ajudando a dormir…

Saulo Calderon Diário Projetivo, Relatos, Relatos Saulo Calderon 4 Comments

Na hora de deitar comecei a sentir vibrações mais fortes e coladas na minha aura, mexia toda a nuca e a lateral esquerda.

Vire de lado e senti ainda mais forte algo encarcado em minhas costas
Gostei não e falei baixinho brincando: EPA, TONHÃO, AQUI NÃO, NESSA VIDA PAINHO VEIO HOMI!
Virei de frente e comecei a sentir um incômodo no Braço, sensação clara de algo no ambiente e mais do que isso, ou queria incomodar ou queria ajuda, como ainda não sabia resolvi fazer uma prática para leitura áurica, não queria me defender, mas saber qual a intenção!

Abri a aura e percebi claramente que algo só queria mesmo perturbar, devido o tipo de captação mental que tinha certeza (por já conhecer mais ou menos ), que não era meu…
Mentalmente solicitei ajuda dos amigos espiritais.
Apesar de grande sono não conseguia dormir e já era 01:00 da manhã(olha que pra eu não conseguir dormir, que fui criado não por acaso na Bahia, é algo meio absurdo…) rsrs.
Abri os olhos e fiquei olhando pro escuro pra ver se via pelo menos o contorno das energias da criatura chata, mas só consegui sentir mesmo a movimentação mental no ambiente.
Comecei a bater papo baixinho com ele(nem sempre captam pensamentos nossos), falando:
Poxa, coisa fofa, deixa painho dormir, vai…
Vai passear, tá cheio de lugar por aí no umbral e tu aqui no meu quarto, vai arrumar o que fazer, fio?
Ao falar isso com ele aumentei o processo de ligação e radar, e meu corpo espiritual vibrou forte e senti claramente os fluídos da consciência e bateu forte mesmo no chacra sexual, chega pulsou o dito Cujo e pensei brincando: ARMARIA!
Fiz uma mobilização Básica das Energias e se afastou mais. Mas aí eu ia perdendo a consciência para dormir e voltava a colar na minha aura.
E voltava a fazer o EV(estado vibracional).
Percebi que de alguma forma aquela consciência falava algo que não captava no consciente, mas que me incomodava e por algum motivo eu dava acesso, vai saber qual?!

Nem sempre é mesmo possível se defender, por vezes até os mentores deixam para ver qual reação teremos, e é importante aprendermos a sermos independentes e mais ou menos saber o que acontece, pelo menos treinar…

Aí não aguentei e peguei o tablet, coloquei meu fone de ouvido, liguei o Chaves e virei de lado para não incomodar a esposa com a luz do equipamento.
Coloquei o episódio no youtube do: Chaves A Grande Festa, com mais de 1 hora de duração e pensei: Quero ver ele me incomodar agora. Vai ficar aí rondando a cama essa mala astral, que vou me desligar e dormir assim mesmo.
Daqui a pouco os amigos chegam(pensei tranquilo…)
E em 10 minutos e rindo durante as pequenas passagens do programa, adormeci como bebê, pois nem vi quando dormi …

Observações:

Qual seria o certo nesse caso?
Ficar ali até umas 3 da manhã tentando ajudar?
Tentar sair do corpo?
Como se não conseguia relaxar?
Fiz uma técnica de defesa e funcionava enquanto estava lúcido.
É claro que os mentores ajudam, mas como falei, eles nos testam a toda hora e não são babás ou amPAIradores.

Fiz o básico:
Mudar a frequência mental e energética.
Quando coloquei o Chaves(podia ter sido qualquer coisa)< mas ADORO o programa, não vou mentir :P), eu mudei de sintonia mental e energética, pois comecei a rir e foquei em outra coisa.
Mas ele continuou no ambiente?
Sim, provavelmente sim, pelo menos até um mentor ajudar ou conseguir ajudar depois da mudança de vibração minha (e olha que não estava mal não, é que eles nos acessam por algum motivo às vezes).

O certo seria (para um projetor), sair lúcido e tentar ajudar, mas nem sempre isso é fácil e dominar todos os aspectos incluindo o processo emocional, energético e mental…
Fiz o que diz a cartilha da lei de atração: Mude a frequência…E procurei ouvir outras rádios!

Sai do corpo outra vez durante a madrugada, mas fui para outro lugar e me mantive até bem no aspecto da lucidez.

Isso vai acontecer com a gente?
Não só vai como acontece frequentemente.

Pode ter sido muita coisa:
Algo meu mesmo…
Algum espírito que me vê pela rua e vai atrás.
Alguma consciência de algumas das pessoas que eventualmente ajudo indiretamente e vem me cobrar com raiva (aconteceu já algumas vezes).
Etc…
Etc…
Pelo menos eu captei que não era alguém que vinha para buscar ajuda, apesar de ter consciência que seres assim precisam de ajuda, só não sabem ou não querem.

Em casos normais eu procuro me afastar do corpo e tentar ajudar de alguma forma, mas ontem estava precisando apagar um pouco e dormir. Até acho que o certo teria sido esse, mas enfim…
Se essa noite a coisa fofa de papai vier de novo, aí vou tentar me afastar do corpo para conversar.
Ficar me espreitando ao redor da cama é algo não muito agradável, mesmo com medo eu gosto de olhar logo pra ele e conseguir bater papo…

Esse foi só um pequeno registro de mais ou menos como as coisas acontecem nos bastidores astrais e muitas vezes somos adormecidos…

Abração e VIVA o Chaves!! 😀

PS: FALTA CORRIGIR!

Comments 4

  1. Oi Saulo!

    Obrigada por compartilhar seu conhecimento. Estou ouvindo todos os seus audios (FAQs, cursos, tecnicas)ha aproximadamente 1 mes, acabei de ouvir o FAQ 61 e vim aqui te agradecer.
    Tem dias q não aguento mais ouvir sua voz. Até meu marido reclamou q não aguenta mais te ouvir por tabela. É brincadeira!

  2. Que legal, Saulo! Também assisto o Chaves quando sinto raiva ou medo de alguma coisa. Principalmente à noite quando começo a perceber coisas estranhas no quarto pego o celular coloco os Simpsons ou o Chaves e isso sempre me ajuda também. =]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *