Relato Energético e presença do amigo Índio e Mentor

Saulo Calderon Relatos, Relatos Saulo Calderon 4 Comments

Agora a pouco fui fazer uma prática energética.

Ao ler esse relato abaixo, para poderem sentir um pouco do que senti durante a prática, por favor, além de verem a imagem que postei, ouçam a música, coloquei para baixarem e ouvirem no link:

Ele se parece um pouco com essa imagem, nas poucas vezes que vi:

Relaxei e só quis mesmo sentir as energias. Coloquei essa música para ouvir repetidas vezes:
A música que sinto meu amigo espiritual, irmão de jornada, pai e companheiro para todas as horas.

Umas das canções que me fazem lembrar uma projeção, onde eu sozinho no escuro pensei em voltar ao corpo quando ouvi: Vá na frente, peito aberto sem medo, estou contigo!

E voei mentalmente em direção ao meu amigo.
Não o chamei por querer ajuda.
Não o chamei para agradecer.
O Chamei por sentir saudades.
Queria sentir meu amigo, meu parceiro, aquele que sempre está comigo, aquele que não quer saber se estou chorando ou sorrindo, é meu amigo, e toda fé e confiança tenho.

Quando ouço essa frase, não consigo deixar de pensar nele:
“Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo: a tua vara e o teu cajado me consolam.”
Fechei os olhos e sabia que estaria em qualquer que desejasse, que chegaria energeticamente lá.
Inicialmente fiquei só ouvindo a música e segurando a energia, como se elevasse antes de enviá-la. Ela foi crescendo. Fui meditando, fui me concentrando.
Quando não consegui mais segurar e soltei aquele aviso de amor e carinho. De saudade do meu amigo que sei que já andou comigo em outras eras.
Quando soltei a resposta foi quase imediata.
Meu corpo vibrou fortemente. Um balde energético de luz gelada foi jogado no meu corpo, meu cardíaco vibrou tão forte que meu corpo astral balançou. Mas não sai e nem precisava sair do corpo, pra que? Amar eu consigo amar em qualquer lugar.
Senti de olhos fechados o movimento no quarto, e percebi sua presença.

Que amor! Que sintonia. Que coisa linda é a nossa conexão com os amigos espirituais.
Que Deus abençoe a todos nós, e aos amigos de todo tipo. Não temos a mínima noção da amizade e da beleza da união que temos com esses nossos companheiros de eternidade.

Temer a que?
Como?
Olha que coisa linda é esse amor, essa união.
E nem precisei sair do corpo para ter uma linda sensação.
As lágrimas de conexão e sintonia foram fortes. Senti nele o aviso mental ao lado da cama:
pode puxar as espadas e deixar firmes, pode andar sem medo, meu arco de luz está ligado a você. Continue com força e simplicidade o trabalho espiritual.
Não anda jamais sozinho.
Não tema o futuro nem qualquer ação que for fazer.
Fé no alto, olhe pra frente e ande que teus pés são os meus…

Várias palavras como essa chegam em minha mente o tempo todo quando me conecto com meu amigo espiritual.

Queria passar isso adiante.
Queria dizer: Não tema.
Sinta a sua força espiritual.
Sinta a sua ligação com seus amigos.
Encontre o seu caminho.
Encontre a estrela que brilha na sua direção.
Encontre em você mesmo a forma de voar, em qualquer dimensão que estiver.
Encontre em você mesmo a coragem.
Encontre em você mesmo a sua LIBERDADE.

E aí sair do corpo será só um detalhe… nós já voamos dentro de nós mesmos…

Um lindo abraço,

Saulo

Comments 4

  1. Com uma conexão tão linda que temos com nossos mentores e amigos, são tão maravilhosos que realmente são tão fortes que nem precisamos sair do corpo. E quando li esse depoimento me senti fortemente com um sentimento bom e verdadeiro…
    Somos todos um grupo de amigos que ainda nem nos conhecemos, ainda.
    abraço a todos

  2. Lindo relato, irmão. Esta música é um tema do filme “O Último dos moicanos”. Porém, em versão diferente. Vos digo, que sinto uma conexão xãma muito forte quando esta música toca, e o que é interessante, é que ela toca diariamente, ecoando dentro de mim. Sinto a descendência que tenho xamã muito evidente.

    Agradeço-lhe por compartilhar conosco seus relatos.

    Paz e luz em sua jornada.

    Namastê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *