Relato: Palavras de um Mentor Oriental Invisível…

Saulo Calderon Diário Projetivo, Relatos, Relatos Saulo Calderon 8 Comments

Fui dormir ontem antes das 20hs.
Acordei quase meia noite e já achava que era de manhã, até aí nada de projeção.
Levantei tomei um remédio pra dor de cabeça, fui dormir depois de comer, falha minha!
Fiquei uns 30 minutos acordado, quando deitei e fiz uma pequena prática.
Perdi a consciência e abri ela já fora do corpo.

Estava num tipo de sala oriental, não sei se chinesa ou japonesa.
Tudo arrumadinho, uma mesa no centro, algumas plantas e a decoração toda de madeira, porém não via ninguém.

Quando ouvi na mente algo mais ou menos:

Equilibrando o corpo, junto com as energias e a parte mental você equilibra todo o sistema, e com isso melhora a intuição e os lugares onde acessa quando sai do corpo.
O homem ainda está longe de alcançar um bom patamar interno, pois se concentra demais somente no corpo. O corpo é só parte dessa busca…

Enquanto ele falava me mostrava lugares e pessoas vivendo de todo jeito.
Várias cenas vinham na mente. E depois apareceram cenas de situações saudáveis, com uma pessoa cuidando do corpo, das energias, da mente. Aparece uma cena de um senhor bem limpo, sentado numa mesa comendo coisas verdes, frutas, e mostrando internamente todo o corpo dele funcionando perfeitamente. Via as irradiações claras em sua aura e de sua cabeça fluídos lindos! Um branco que passava uma tranquilidade. Foi como se eu me aproximasse dele e sentisse as irradiações de paz.

E ele continuou:

Tudo vem do pensamento. Quando a consciência chega no ponto de encontro consigo mesma, ela começa a olhar também para fora de si.
Vira um equilíbrio entre o cuidado consigo mesmo e a ajuda externa, que é consequência de como ela está se sentindo.

Nessa hora fui sentindo um sono danado, e só me lembro de não conseguir segurar os joelhos e apagar de vez! Não sei se foi muito forte a cena, ou se ele me adormeceu ali para que eu conseguisse gravar aquelas cenas e não ver mais nada.

Sei que pouco tempo depois abri os olhos no corpo quase sem lembrar de nada, mas sabendo que tinha que lembrar.
Estava com pouco sono, pois já havia dormido bastante. Peguei o celular e vi que eram 4:43. Perto da hora de eu acordar pro TAI CHI (5 da manhã).
Quando deitei novamente e virei a cabeça, e essas lembranças chegaram fortes…

Levantei cheio de energias. Olhei para o horizonte e já começava a ensaiar alguns raios de sol
Dei bom dia para aquela linda luz. Respirei profundamente e agradeci a dádiva de estar encarnado e poder ter contato com experiências desse nível (o que acontece raramente).

Era um mentor certamente de origem oriental.

Uma mensagem linda, simples e profunda…

A mensagem é até padrão daquilo que até estudamos, mas o que marcaram foram as imagens…

A imagem daquele senhor equilibrado mexeu comigo…

Começo a querer cada vez mais equilibrar o corpo.

Quem sabe não seja a hora de começar a melhorar ainda mais a alimentação, mas nada dá saltos…
Já parei com o refrigerante, carne como quase nunca e também estou cuidando mais das energias.

Claro que estou há anos luz daquela forma que me foi mostrado… E sei que há uma diferença muito grande em conhecer o caminho e conseguir trilhar! Mas tudo é um começo!

Fui pro TAI CHI e foi linda a energia.

Ficamos fazendo os exercícios energéticos e de respiração, além do físico, claro.

Agora aproveito uma brecha aqui no trabalho para escrever e relatar o que passei.
Poder dividir um pouco e criar uma boa sintonia na busca pela nossa espiritualidade.
Não olhe para fora, olhe para dentro de si mesmo. A busca é constante e precisa ser diariamente acessada, alimentada!

Lindo dia!

Saulo

 

PS: engraçado o que é sintonia. Eu sempre tive  pouco contato com mentores orientais. Só o fato de estar me aproximando do Tai Chi é como se entrasse na faixa dessa rádio. Como se houvesse acesso até mim… Abertura. Senti que era repercussão da busca que estava tendo, eu estou dando abertura para isso… Como diz aquela frase: Buscai e achareis…

Comments 8

  1. Que Linda experiência Saulo!!!!!!!!!!!1Eu tive uma experiência um pouquinho parecidda: estava em um lugar com pessoas bem mais evoluídas que eu e elas me convidaram pra fazer uma roda, sentamos e cada um começou a falar: um dizia que tinha parado de comer carne, outra dizia que tinha parado de comer açúcar, outra dizia que não fumava mais, outra não bebia mais, e por aí ia e quando chegou a minha vez….que vergonha senti, não tinha nada pra falar…acordei com aquela sensação que preciso começar a mudar…devagarzinho né, mas me de deu uma força interior muito grande de começar a cuidar mais do corpo tb!!!!!

  2. Nada é por acaso, as coisas aparecem na nossa frente para seguirmos, são como indicações de caminhos, consequencias. Uma coisa puxa a outra.
    Legal compartilhar essas experiências boas.

    Abraço
    Patricia Marella

  3. É isso ai Saulo, é chegada a hora da Nova Era, a Era da Harmonia, do Equilíbrio, de uma alimentação alegre, colorida, saudável, viva!
    Chega de morte, chega de sermos sepulturas ambulantes, encharcando nossa aura com essas energias densas e grotesca.

    Salve a VIDA!

    Ps: Sou médium de ïncorporacao, e depois que passei para alimentação vegetariana, sinto que estou tendo contato com energias nunca sentidas antes!

    Paz e Luz

  4. Concordo plenamente com vc Saulo; com o início da prática de Tai chi vc está acessando outras egrégoras afins,e este “encontro” tem tudo a ver com a nova filosofia de vida que vc intuitivamente está procurando seguir. Pode esperar que com a continuidade dessas práticas, suas energias ficarão mais sutis,e permitirão novas experiências astrais.
    Ler o seu depoimento é um insentivo pra mim,e acredito que para outras pessoas também!
    Parabéns.
    Namastê

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *