Um espírito amargurado

Saulo Calderon Diário Projetivo, Relatos, Relatos Saulo Calderon 16 Comments

Bom dia!

Essa noite estive em vários lugares fora do corpo.

Fiz dois amparos e também num tipo de casa com um lindo jardim no mundo espiritual.

Mas a experiência que mais me marcou foi de um senhor que morava sozinho e meio que aprisionado numa casa. Ele não saia nem deixava ninguém entrar!

Disse que só o neto dele entrava!

Aí fingi ser o neto dele falando por uma pequena visão da janela:
eu sou seu neto!

Era um senhor de cabelos brancos, bem magro, olhos profundos e cheios de ódio.

Não entendia bem, mas ele estava num processo extremo de loucura.
Assim que falei que era seu neto ele se acalmou e me deixou entrar.
Começou a reclamar comigo que o mundo era injusto, que ninguém tinha o deixado fazer o que queria, que foi atrapalhado por todos.

Aí comecei a conversar com ele que esse não é mesmo um mundo fácil. Que aqui a sensação de injustiça é bem grande por vezes mesmo, que não era só com ele que isso acontecia.

Nessa hora ele ficou muito bravo e começou a se descontrolar.
Meio que quis me atacar esquecendo até mesmo que eu era o Neto(e não era).

Sua aparência ficou avermelhada, o ódio deixou seus olhos vermelhos e agarrei ele e joguei no chão para que não me atacasse.

Nessa hora ele com muito ódio mordia meu ante-braço que claramente parecia ser tirado pedaços de carne, percebia a raiva dele. Seus dentes afiados e pontiagudos.

Ele rosnava e saia até uma baba branca de tanto ódio. Pedia para que o soltasse aos berros. Era como se fosse um bicho!

Larguei ele e ele foi para o canto e pediu para eu sair dali gritando!

Não deu para fazer mais nada e acabei saindo!

Quando dei um passo fora da casa abri os olhos no corpo!
Acordei meio assustado, a repercussão foi levada ao corpo físico.

Abri os olhos e com muito sono falei baixinho: POOORRA!

(Desculpe o termo, mas foi o que falei).

Rezei e adormeci.

Difícil compreender as coisas no mundo espiritual às vezes. O nível de consciência das criaturas é algo que fico de boca aberta. Acho que preciso estudar mais a mente humana, sério!

De todo jeito tentei fazer algo.

E o mais curioso é que não são poucas as consciências nessa situação.
Tanto aqui como do lado de lá!

Fica aqui registrado essa tentativa de amparo.

Um grande abraço,

Saulo

Comments 16

  1. Puxa Saulo, fiquei impressionada com seu relato.
    Vc conhece as técnicas de Apometria?
    Será que não seria possível aplicar aí?
    Fiquei triste por não ter sido possível
    resolver ou encaminhar pelo menos essa situação.
    Com as técnicas apométricas conseguiríamos?!
    Quem sabe da para juntar essa viagem astral com Apometria?
    Será?

    Grande abraço de uma seguidora e admiradora de seu trabalho.

  2. Bem vou dar meu palpite…rsrsrs…
    Não é NORMAL mas as vezes é necessário.
    Outro dia estava lendo Chico Xavier
    falando sobre dizer a verdade e ser caridoso…

    Aí pode existir várias situações:

    O Saulo simplesmente disse ser o neto para acalmá-lo e conseguir algum acesso sobre o espírito demente e sofrido.

    O Saulo foi instrumento do verdadeiro neto que estava socorrendo o avô.

    O Saulo já foi neto dessa criatura em alguma vida…porquê não?

  3. Saulo me ajuda…
    Preciso de sua ajuda. É muito importante. Me contate por e-mail…
    Se você não me ajudar nao sei o que pode acontecer…
    Vlw !!!

  4. Querido Saulo nunca diminua o sofrimento de outrem e o compare com o dos outros ,pois cada um se vê único .O ideal é ouvir todo sofrimento e ensina-lo a se acalmar .Que vc faz muito bem acha que foi por isso que vc foi enviado para lá.Também pode faze-lo entender que as pessoas tem muitos defeitos,e poucas são realmente justas.Obrigada por existir abraço .

  5. BOA TARDE SAULO, LI O SEU COMENTARIO, SE Ñ DÁ PARA AJUDAR É MELHOR DEIXAR PRA LÁ ,QUE DEUS ILUMINE ESSE NOSSO IRMÃO,MAS OQUE VALE É A INTENÇÃO ABRAÇOS!

  6. oi saulo =D
    aqui em casa achei um livro que chama tormentos da obsessão psicografado pelo divaldo franco pelo espirito manoel philomeno de miranda.aqui no livro fala de tipo um sanatorio no mundo espiritual(isso eh no começo do livro comecei a ler ontem nao sei se o livro eh todo sobre isso ) ai tipo os espiritos la os bons construiram um lugar la pra ajudar espiritos perturbados ou sei la coisas desse tipo espiritos como esse que voce viu e outros ate muito piores ai tipo voce falou que precisa estudar mais a mente humana entao acho que seria bom voce procurar esse livro =D ai tipo la nesse lugar eles ajudam e tambem aprendem la acho que ta no livro que os espiritos que ajudam alguns ja foram psicologos ou psiquiatras aqui na terra(nao lembro direito =/ desculpa) mais eh isso ai =D acho que vai te ajudar acho que voce deve aprender muito com esse livro deve ajudar voce a saber ajudar essas pessoas sei la a saber o que fazer =D so que eu nao li o livro todo =/ entao nao sei mais nada so o que ta no comecim bom eh isso ai =D espero ter ajudado em algo =D.

  7. Gostei do “pooooora”, tenho tido ultimamente sonhos semi-lúcidos aonde sei que estou sonhando mas não consigo ter a lucidez suficiente para acordar em astral, essa noite tive um sonho com pessoas do meu trabalho misturadas com pessoas do meu convívio pessoal e em um dado momento do sonho fui contrariado e simplesmente por esse motivo comecei a quebrar tudo que estava ao meu redor, resultando na volta imediata ao corpo. Sair do corpo consciente é mais do que uma sessão com o melhor psicólogo do mundo, nessas horas percebemos o quão somos desequilibrados internamente (fora do corpo) e como é difícil mudar (melhorar) essa situação. Se nós que buscamos algo maior e melhor somos assim imaginem quem nunca buscou nada além do corpo por não saber ou por não acreditar que exista algo além, só que apesar de não acreditar ou não saber continua existindo para essa pessoa algo além do corpo.

  8. Querido irmão,

    Pense neste nosso irmão com amor, carinho e afeto.
    Certamente você estará emanando grandes vibrações para ele que certamente estará o ajudando a se livrar desta angustia.
    Caso seja vontade do criador que você volte para ampara-lo certamente acontecerá.

    Fique na luz, Fraternal abraço, Alexandre Cardoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *