Saulo Calderon Diário de Clarividência, Diário Projetivo, Relatos, Relatos Saulo Calderon 2 Comments

lightindarkness1

Recife 23 de maio de 2016
Clarividência astral
 
Tive um relato essa noite com treino de clarividência!
Há algum tempo venho me dedicando ao treino de abertura da clarividência.
Para mim, tão importante quanto a projeção astral para a comprovação e desenvolvimento do parapsiquismo, é também a clarividência e intuição apurada. Para isso é preciso dedicação e treino diário.
E está tão enraizado que faço isso fora do corpo.
Deitei cedo neste domingo, mexendo pouco as energias.
Acordei de madrugada para ir ao banheiro e ao voltar pratiquei as energias. Era por volta das 3 da manhã, horário propício para isso por vários motivos, além da limpeza do ambiente e a presença mais forte de várias equipes espirituais na dimensão troposférica.
Durante a prática tive uma variação da consciência, quase adormecendo. É o que costumo chamar de “ponto X”, manter a consciência desperta nessa hora é o X do mapa do tesouro.
E nessa variação me vi deitado num colchão de solteiro no chão de um quarto diferente. Por que? Não sei, pode ser onirismo, ou a simples mudança de frequência, ou alguma ajuda espiritual, não sei!
E então percebi a varredura energética forte, o Estado Vibracional, e pensei:
Vou sair do corpo e dar uma olhada na casa!
Levantei com facilidade e fui andando pelo corredor até a sala.
Engraçado a coragem que tenho fora do corpo.
Eu fui procurar espíritos pela casa e estava tudo escuro.
Andava forte, sem medo, com uma coragem muito grande.
Andei até a cozinha, fiz a volta e fui até os quartos.
Olhei o primeiro quarto até que cheguei no segundo e lá senti que algo se escondia nas sombras.
Lembrei do treino de clarividência e simplesmente falei:
Vou dar a volta, não tem o que temer, estarei na sala te esperando. Nisso virei as costas e fui até a sala.
Chegando lá vi a TV ligada, mas como se estivesse sem sintonia. Parecia aquelas tentativas de Transcomunicação Instrumental (TCI).
Sentia que não era a TV, mas uma ligação entre eu e os espíritos que estavam ali, por que a TV parecia ligada?
Não sei dizer, mas era uma ligação.
Nessa hora veio um espírito pelo corredor me olhando. Era alto e vinha em minha direção.
Eu não o via completamente, era como uma sombra com cabelos avermelhados e olhos negros também com contorno vermelho.
Ele veio no meio rosto, encostou bem perto e falou:
Não queria me ver, estou aqui!
E falou isso me peitando, duvidando de minha coragem.
Nessa hora eu travei os dentes de tanta coragem, não era raiva, era uma força que estava tão grande que o corpo todo se travava, uma mistura de medo e coragem juntos, e falei:
Não temo você, vim até aqui justamente para ver e agradeço ter conseguido.
O que faz aqui nesta casa?
E ouvi uma risada alta, uma gargalhada daquelas assustadoras, mas me mantive calmo e até ri também falando: Se é para rir, vamos rir juntos!
Eu então fui novamente em direção ao corredor e senti um arrepio muito forte.
Foi aí que abri os olhos no corpo físico sem nenhum lapso de consciência e TOTALMENTE arrepiado.
E no quarto continuei a ver uma sombra com contorno avermelhado andando por ele.
Sentia já em vigilia fortemente a vibração do meu campo energético.
Logo que retornei ao corpo a força da sensação que sentia de medo e coragem era tanta que por pouco não puxei o lençol e cobri toda a cabeça, mas contive o instinto dando mais corda para a lucidez e o que estava acontecendo ali e pensei:
Se quero abrir a clarividência não posso ter medo, mas, aproveitar as oportunidades.
E olhei forte para aquela coisa se movimentando no meu quarto.
Foi quando resolvi me mexer para levantar mais a cabeça e a visão sumiu!
Provavelmente por ter entrado mais em contato com o corpo físico e assim saí da sintonia com o astral.
 
Abrir a clarividência necessita grande maturidade.
Não é só no corpo e como a maioria das coisas que estão ao redor de nós seres humanos não são simples e somente positivas, e como a parte mais DENSA aparece LOGO, a gente acaba vendo o que acontece nos bastidores.
Quem está pronto?
Estou pronto?
Não sei, mas coloquei em mim a certeza de que isso que vou fazer.
Vou me dar a oportunidade de ir fundo, já que tenho a oportunidade de ter o pequeno conhecimento da projeção e das energias!
 
Um abraço e coragem no desenvolvimento da sua espiritualidade!
Não ver ou não saber não quer dizer absolutamente nada para o que acontece nos bastidores…
 
Saulo Calderon
 
PS: Falta Corrigir!

Comments 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *