Autobilocação consciencial

Saulo Calderon Ilustrações, Multimídia 4 Comments

 

 

Essa experiência tem a capacidade de nos fazer questionar
frente a frente e modificar a forma de olhar as coisas…

Autobilocação Consciencial

Comments 4

  1. “O MESMO” NÃO EXISTE, CARAMBOLAS, QUE DIACHO DE GENTE INSISTENTE! o povo faz a sua língua sem se dar conta, por mais que batam pés os gramáticos, isso é fato. o que é considerado errado pelos gramáticos hoje, com o uso disseminado do “erro” torna-se correto amanhã. ou muda de sentido uma palavra, ou expressão etc. a ciência da língua é a linguística, não a gramática e seus anal retentores que o povo idolatra. e como ciência séria, não dita regras e sim descreve como se dá a coisa na prática. tá certo. Entretanto, sobre uso de “O MESMO” retomando pronomes Brasil a fora, há de se tomar partido pelos gramáticos, porra. Pois as gentes sente que é bonito dizê isso. provando como é mera ilusão dos costumes achar que “soa feio” o que é “errado”, e “soa bonito” o que é “certo” na língua. mil bobagens, eu sei. mas vejam por esse lado (ou não): vós micê não tão nem aí pro que diz uma tal de ciência da língua que só confunde e num esclarece nada, e só falta dizê que vale tudo. o aluno teinque escrivinha direitu comu insina u profeçô de portugays. então se qué inscrivinha direito, escrivnha PÔ!!! não ias deixar de concordar verbos e plurais, por que não usas as função da língua bunitinho, intaum??? hein???
    (obs: tô numa nice 🙂 só queria desabafar com esse “o mesmo” que me persegue até o elevador, quando eu não tenho nada contra os tais subversivos “ERROS GRAMÁTICAIS”). EV GRAMATICAL NA GALERA.

  2. Post
    Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *